Fuvest divulgou o cronograma para o Vestibular 2018. Confira.

A Fundação Universitária para o Vestibular (FUVEST) divulgou na terça-feira, dia 16 de maio, as datas principais e cronograma para o vestibular de 2018 da Universidade de São Paulo (USP). O processo seletivo é um dos maiores do país, figurando entre os 10 principais.

Conforme informado pela Faculdade Universitária para o Vestibular é preciso que os interessados fiquem atentos, pois o prazo de inscrições terá início no mês de agosto e seguirá até apenas 11 de setembro. Na inscrição do ano anterior os candidatos pagaram R$145,00 de taxa, porém a deste ano ainda está em estudo e será divulgada em breve.

Da mesma forma que comumente ocorreu nos anos anteriores o processo do vestibular da FUVEST para o ano de 2018 se dará em 2 etapas:

  • 26 de novembro de 2017 ocorrerá a primeira

  • Já nos dias 7 e 9 de janeiro de 2018 ocorrerá a segunda etapa

Para que os candidatos possam ter uma ideia do que esperar, a primeira etapa do ano de 2016 teve provas com 90 questões objetivas e de conhecimentos gerais. Na segunda etapa daquele ano foi cobrada a produção de uma redação, nesta etapa também estiveram em pauta questões discursivas que abrangiam todas as disciplinas abordadas no ensino médio.

O candidato já pode ir se preparando e fazendo a leitura de obras que serão cobradas no vestibular de 2018 da FUVEST, são elas:

  • Iracema – José de Alencar

  • O cortiço – Aluísio Azevedo

  • Minha vida de menina – Helena Morley

  • Claro enigma – Carlos Drummond de Andrade

  • Mayombe – Pepetela

  • Memórias póstumas de Brás Cubas – Machado de Assis

  • A cidade e as serras – Eça de Queirós

  • Vidas secas – Graciliano Ramos

  • Sagarana – João Guimarães Rosa

A FUVEST, além de selecionar alunos para a USP, também faz o processo seletivo para a Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo (FCMSC-SP).

O material dos candidatos será divulgado em data prévia ao processo.

Sempre é importante se atentar para as datas indicadas, os horários de abertura, bem como ficar alerta com relação às informações disponibilizadas até o processo seletivo.

Para acesso ao calendário completo 2018: www.fuvest.br/vest2018/fuvest.

O local das provas sairá em breve, fique ligado por aqui: www.fuvest.br/vest2018/provas/provas.stm.

O manual do aluno também será disponibilizado breve, e pode ser obtido pelo seguinte link: www.fuvest.br/vest2018/manual.stm.

Bons estudos e boa sorte!

Por Ghost Writer


Cursos da USP, Unesp e Unicamp conseguiram entrar na lista dos 50 Melhores Cursos Superiores em suas respectivas áreas.

Mais um excelente motivo para nos orgulharmos dos feitos acadêmicos do nosso país. Dez cursos superiores brasileiros estão incluídos entre os 50 melhores de suas respectivas áreas em todo o mundo. A conquista verde-amarela foi revelada por um estudo elaborado pela Quacquarelli Symonds (QS). A empresa de origem britânica faz este levantamento com periodicidade anual.

Como foi feito o estudo:

Para identificar os melhores cursos universitários do planeta, foram feitas as seguintes consultas, em relação a 42 campos de conhecimento: análise de 113 milhões de citações bibliográficas e de 28,5 milhões de trabalhos científicos. Além disso, foram ouvidos 44.426 empregadores e 76.798 acadêmicos. O resultado deste cruzamento de dados aponta que o Sudeste do Brasil ainda tem mais motivos extras para comemorar. É que no país, as universidades públicas paulistas são as únicas que fazem parte deste ranking de excelência.

Os dez cursos de maior excelência:

Quer conhecer quem são os nossas representantes nesta lista intelectual de ponta? Pois bem, a Universidade de São Paulo (USP) foi a que conquistou os mais significativos resultados. Ela garantiu a presença de seis faculdades entre os 50 melhores do mundo. Os cursos selecionados e suas respectivas posições são os seguintes: Odontologia ficou em 9º lugar; Agronomia alcançou o 26º; Antropologia garantiu o 34º; Engenharia de Minas se destacou em 36º; Arquitetura foi consagrada como 37º; e Veterinária foi avaliada em 38º.

Os cursos de Odontologia (em 20º) e Agronomia (em 31º) da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), juntamente com os de Odontologia (em 25º) e Veterinária (em 46º) da Universidade Estadual Paulista (Unesp) fecham a participação brasileira com chave-de-ouro na lista dos melhores do mundo.

Comparando resultados:

Há quem considere que o resultado de 2016 não seja assim tão bom. A justificativa é que em 2015 o Brasil havia garantido a presença de 14 cursos entre os 50 melhores de cada ramo do conhecimento. Há que se relativizar esta interpretação e levar em consideração o atual contexto socioeconômico e educacional do país. Com poucos recursos, incentivos e baixo investimento governamental, a conquista dos cursos das nossas universidades só confirma a extraordinária potencialidade acadêmica dos nossos pesquisadores: com ou sem dinheiro; em greve ou fora dela; com ou sem bolsas de estudos; o nosso país ainda consegue produzir conhecimentos de excelência.

Por Erica Cristina Gomes


USP foi considerada a melhor universidade brasileira em 2015. Estudantes que queiram ingressar nela podem optar por diversas opções.

A USP é considerada a melhor universidade brasileira num grupo em que as primeiras são públicas. Elas investem no tripé: Ensino, Pesquisa e Extensão para a conquista das atuais posições. Para ingressar na graduação da USP você pode fazer das seguintes maneiras: Transferência, Vestibular ou concorrer às vagas para graduados, segundo fontes do site oficial da Universidade de São Paulo (2015).

Quem já possui o diploma de nível superior fará uma prova diferenciada com menos conteúdo do que o vestibular anual. Essa é uma oportunidade para que o estudante possa mostrar as próprias habilidades especificamente naquelas matérias que possui melhor desempenho.

De acordo com o curso escolhido são selecionadas certas disciplinas para a entrada dos alunos.

A Transferência é outra opção de acesso aos cursos de graduação, sendo: Interna, Externa, Ex-ofício ou Entre Turnos. Nessa proposta, um aluno do curso de Engenharia de Alimentos do período noturno pode ser transferido para o mesmo curso no período diurno, por exemplo.

O vestibular da USP é feito uma vez ao ano pela FUVEST e engloba as seguintes disciplinas: Português, Matemática, História, Geografia, Biologia, Química e Física.

Os aprovados na primeira fase concorrerão às vagas fazendo os exercícios da segunda fase.

As melhores universidades do país seguem um calendário escolar próprio e concedem  bolsas em dinheiro para alguns estudantes de graduação. Os cursos possuem grade curricular e horária específicos.

O empenho dos estudantes que deixam suas casas para ingressar na universidade e realizar pesquisas deve ser considerado como fator importante para elevar o conceito de qualquer espaço do conhecimento, por isso as condições devem ser adequadas para o trabalho de estudantes, docentes e funcionários.

Os livros da biblioteca dessas instituições devem ser atualizados visando ao desenvolvimento do conhecimento.

Segundo a Folha de São Paulo (2015) as aulas em  língua inglesa também poderiam ser constantes num espaço que visa o contato com conhecimentos de diferentes nações. O que outras universidades do mundo produzem também deve ser conhecido pelos brasileiros e para entender um livro em outro idioma é importante ter espaço para o aprimoramento de outros idiomas. O poliglota ainda é uma raridade nesses espaços educacionais e ele abre espaço para compartilhar o saber de outros países.

A pesquisa e o ensino são necessários e ambos devem valorizar os conhecimentos criados no Brasil, mas também possibilitar a ampliação por meio do acesso a aulas de conversação, leitura e escrita de outra língua. O ideal é a formação de estudantes poliglotas capazes de buscar pesquisas e compreender fontes estrangeiras. Almoço grátis e a ampliação das moradias para os estudantes ainda são sonhos que precisam ser atingidos, visando à permanência deles nos bancos públicos.

Vários fatores interferem na qualidade das universidades como a falta de dinheiro dos estudantes para a permanência no Ensino Superior. 

Por Mary Berbela


Está aberto o período de inscrições para o processo seletivo do Cursinho Faculdade de Economia, Administração, Contabilidade da Universidade de São Paulo localizada em Ribeirão Preto.

Se você está interessado em participar do processo de seleção, fique atento quanto ao término das inscrições. O final do período para efetuar a inscrição será o dia 10 de janeiro. O valor a ser pago pelo direito a participar do certame é de R$ 30. Para concorrer a uma das vagas, preencha o formulário neste site

A avaliação dos candidatos será realizada através da aplicação de quatro etapas: a primeira é a pré-matrícula online, a segunda é a prova, logo ocorrerá uma terceira que consta de entrevista individual e por último o interessado precisará realizar a inscrição de forma presencial.  

Após a inscrição online, serão avaliados e selecionados 150 candidatos, eles deverão fazer a prova objetiva. O valor da taxa de inscrição precisará ser recolhido até o dia 20 de janeiro, o pagamento da mesma deverá ser feito mediante depósito bancário. 

A aplicação das provas será feita no dia 24 de janeiro, no período vespertino a partir das 13h, conforme foi explicado anteriormente, somente aqueles candidatos aprovados na pré-matrícula poderão participar desta segunda etapa. Esta fase consta de uma prova objetiva de múltipla escolha onde serão cobrados conteúdos de matemática, língua portuguesa, história, geografia, química, física e biologia.

As entrevistas ocorrerão entre os dias 26 de janeiro e 2 de fevereiro. A entrevista individual é realizada com o intuito de comprovar as informações concedidas na pré-matrícula. Como o intuito do cursinho é proporcionar aos alunos que cursaram o ensino médio em instituições da rede pública ou que foram bolsistas integrais em escolas particulares, a avaliação realizada no momento da entrevista também terá conotação socioeconômica.  

No dia 4 de fevereiro serão informados os aprovados, a realização da matrícula presencial deverá ocorrer no dias 9 e 10 de fevereiro.  

De acordo com o calendário acadêmico, o início das aulas será no dia 2 de março. 

Por mais informações acesse o site ou encaminhe um e-mail para matriculas.cursinhofearp@gmail.com.  

Por Melina Menezes


Entrar em uma universidade pública no Brasil está se tornando cada vez mais difícil, a concorrência está cada vez maior e as pessoas cada vez mais se preparando de diferentes modos. Muitos ficam perdidos e não sabem por onde começar para poder entrar em uma universidade como a USP, por exemplo.

Confira agora uma entrevista do estudante Rafael Coelho, 20 anos, um estudante do terceiro ano de Geografia da USP, ele conta um pouco como foi sua preparação e sua experiência de ter entrado na melhor universidade do país.

Tom: Primeiramente, muito obrigado por nos conceder a entrevista, por que escolheu Geografia?

Rafael: Eu que agradeço, então, quando eu entrei no cursinho eu queria prestar Rádio e TV, mas com os debates e as aulas eu fui ficando com vontade de prestar cursos de Ciências Humanas (História, Geografia e Ciências Sociais), fiquei entre esses três um bom tempo, meio que no final da preparação escolhi Geografia, mas ainda cheio de dúvidas sobre o que fazer, somente fui descobrir que queria Geografia mesmo depois que entrei.

Tom: E como foi sua preparação, quanto tempo levou?

Rafael: Até julho eu praticamente não estudei, deixava o cursinho meio de lado, em julho que comecei a ficar mais a fim de entrar num dos três cursos e comecei a me empenhar e tudo mais, eu estudava de manhã até a noite nas férias do cursinho, quando o cursinho voltou eu tinha aula de manhã e estudava os conteúdos até a noite (parava por volta de umas 19h), no fim de semana eu não estudava, deixava pra descansar e ler as obras da Fuvest, foi assim até o final da segunda fase.

Tom: E o nervosismo na hora da prova?

Rafael: Geralmente eu não fico nervoso em provas, eu fico mais focado para fazer e esqueço o nervosismo, passei mais nervoso na hora do resultado mesmo.

Tom: O que você pretende fazer no futuro?

Rafael: Ao terminar a graduação em Geografia eu pretendo dar aulas em escolas públicas e cursinhos, além disso, tenho vontade de fazer uma pós-graduação em Geografia Humana ou outra graduação, que seria Ciências Sociais.

Tom: Para finalizar, você tem alguma dica para quem quer entrar na USP, assim como você?

Rafael: Faça um cursinho, estude, dedique-se, é só um ou dois anos se esforçando para conseguir, é só ter força de vontade. E dá uma relaxada às vezes, porque a pressão é muito grande. E também presta o que gosta e não o que os outros querem que você faça, fazer o que gosta é o melhor.

Tom: Muito obrigado Rafael e boa sorte!

Por Tom Freitas


A partir do dia 1º de agosto de 2013 está disponível no site da Fuvest o Manual do Candidato ao Vestibular da Universidade de São Paulo 2014.

Neste ano estão disponíveis 11.057 vagas para os cursos da Universidade e 100 vagas para Medicina na Faculdade da Santa Casa de São Paulo, e ainda mais seis locais para a realização da prova, além de São Paulo, as cidades de Barueri, Carapicuíba, Taboão da Serra, Fernandópolis, Jaú e Limeira também sediarão o processo seletivo.

As inscrições para o vestibular irão ocorrer entre 23 de agosto e 9 de setembro de 2013, exclusivamente pelo site www.fuvest.com.br. A taxa de inscrição permanece no valor de R$ 130,00. Até o dia 10 de agosto serão aceitos os pedidos de isenção e redução da taxa. No site da Fuvest é possível encontrar todas as normas e especificações para a realização do exame.

Estudantes que cursaram todo o ensino médio na rede pública de ensino poderão optar pelo Sistema de Pontuação Acrescida o INCLUSP que oferece bônus às notas da primeira e segunda fase do vestibular. Os candidatos que fizerem parte do INCLUSP e pertencerem ao grupo de cor e raça, preta, parda ou indígena, poderão ter o adicional de 5% da nota da primeira fase. 

Por G. Produções


Saber falar bem a nossa língua e escrever um bom texto é mais do que fundamental para conseguir uma oportunidade de emprego, fazer uma prova de vestibular, a prova do Enem, um concurso, entre muitas outras coisas.

Visando na qualidade de aprendizagem de diversas pessoas, hoje a USP está oferecendo o curso gratuito de português. As inscrições poderão ser feitas até o dia 08 de agosto.

Esse curso é direcionado para pessoas interessadas com idade superior a 16 anos de idade, sendo necessário ter o ensino fundamental completo e que nunca tenham estudado em uma escola particular ou em uma universidade pública.

As aulas serão ministradas por alunos voluntários da USP, na qual o principal objetivo é fazer os alunos trabalharem com eficiência a fala, a escrita e a comunicação em geral.

Mas como se inscrever nesse curso gratuito?

É necessário levar uma cópia de RG, cópia de comprovante de renda de todos que contribuem na renda da casa e cópia de comprovante de escolaridade do ensino fundamental e médio, das 09 às 14 horas, na Escola de Comunicações e Artes da USP, Avenida Professor Lúcio Martins Rodrigues, 443 – Bloco 1 – Sala 13.

Por Josiane Fernandes de Jesus


Caro estudante, você que ainda está em dúvida entre uma ou outra carreira profissional, ou ainda, que não faz nem ideia de carreira alguma, esta é sua chance! Estão abertas as inscrições para a 7ª Feira de Profissões da USP (Universidade de São Paulo).

Esse grande evento ocorre duas vezes ao ano, e é voltado, principalmente, aos alunos do Ensino Médio e de cursos preparatórios para o vestibular. A Feira é organizada em formato de estandes, nos quais o visitante receberá orientação de grupos de professores da Universidade, de monitores (alunos de Graduação e Pós-Graduação) e de funcionários, através de esclarecimentos sobre as Unidades de Ensino, os cursos oferecidos, a formação acadêmica, a grade de disciplinas, os conteúdos programáticos, o vestibular, entre outras úteis informações.

Quem quiser participar basta acessar o site http://prceu.usp.br/uspprofissoes/. Nele você poderá realizar sua inscrição escolhendo a opção “Inscrições individuais”. Depois de realizada a inscrição, será enviado um e-mail automático de confirmação. No caso das escolas ou cursinhos que se interessarem, também poderão estar inscrevendo a instituição, na opção “Instituições de Ensino”. As inscrições irão até o dia 07 de agosto de 2013, e é gratuito.

Já a Feira ocorrerá no CEPEUSP (Centro de Práticas Esportivas da USP), nos dias 08, 09 e 10 de agosto de 2013, das 9h às 17h. Para saber o endereço e as demais informações é só acessar o site mencionado. Conversar com quem já atua na área, ou que está a caminho dela, ajuda muito!

Por Karen Regina Igari


O Conselho de Graduação da Universidade de São Paulo (USP) divulgou que foi aprovada em reunião a proposta que visa ampliar o Programa de Inclusão Social.

O programa foi criado para dar incentivo ao acesso de estudantes de escolar públicas à instituição.

Com a proposta aprovada, a maior mudança é o bônus extra de 5% para estudantes indígenas, pardos e pretos que tenham concluído o ensino fundamental e o ensino médio em escola da rede pública. Com essa mudança, o candidato atender aos requisitos pode receber até 25% a mais na nota final da Fuvest.

A decisão de mudança ainda não é definitiva, pois a proposta precisa passar por votação no Conselho Universitário que se reunirá no dia 2 de julho.

O Programa Inclusão Social existe desde 2007 e tem como meta fechar 2018 com 50% de todas as matrículas sendo feitas por alunos que estudaram sempre na rede pública.

Com a mudança no projeto, a ideia é que o número de alunos indígenas, pardos e pretos atinja a mesma porcentagem da população indígena, parda e preta levantada no censo do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística.

Por Jéssica Posenato


A Fuvest (Fundação Universitária para o Vestibular) responsável pela organização do vestibular da USP, divulgou que o Conselho de Graduação da Universidade não alterou a lista de leituras obrigatórias para o vestibular 2014 em relação aos exigidos no último ano.

As obras podem ser cobradas na prova de vestibular por meio de análises, interpretações, conhecimento dos clímax da história, relação com algum acontecimento histórico, entre outros.

As mesmas obras serão cobradas pelo processo seletivo da Unicamp (Universidade Estadual de Campinas).

Segue a relação de obras:

A leitura completa das obras é imprescindível para o bom rendimento da prova.

Por Marina Totina de Almeida Lara


Os estudantes que pensam em ingressar em uma das maiores universidades brasileiras devem ficar atentos. Na sexta-feira (dia 24 de agosto), a Fuvest abriu as inscrições para o vestibular da Universidade de São Paulo (USP). Outra instituição com inscrições abertas é a Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo (FCMSCSP), para o curso de Medicina.

As inscrições podem ser realizadas no site www.fuvest.br, até o dia 10 de setembro. A taxa de inscrição é de R$130.

Ao todo, estão disponíveis mais de 11 mil vagas na Universidade de São Paulo e outras 100 vagas para a Faculdade de Ciências Médicas.

A lista das obras que devem ser lidas também já está disponibilizada no site da Fuvest.

O vestibular será dividido em duas fases, sendo que na primeira, no dia 25 de novembro, será aplicada uma prova com 90 questões de múltipla escolha, com assuntos voltados para o Ensino Médio. Já na segunda fase, no dia 6 de janeiro, será aplicada mais uma prova e dessa vez os candidatos deverão responder questões de Português e terão que fazer uma Redação.

As avaliações seguem nos dias 7 e 8 de janeiro, sendo que no dia 7 será realizada uma prova com 16 questões das disciplinas comuns ao ensino médio e no dia 8 acontecerá uma prova com 12 questões de disciplinas voltadas para o curso superior escolhido pelo candidato.

Por Flaviane Oliveira


Recentemente, foi realizado um levantamento com universidades em todo o mundo pela Quacquarelli Symonds University Rankings e a Universidade de São Paulo (USP) foi eleita a 11ª melhor instituição de ensino superior com as disciplinas de Comunicação e Estudos de Mídia.

A QS realiza pesquisas educacionais avaliando o desempenho no ensino médio, na graduação e também na pós-graduação. A pesquisa em questão foi dividida em 29 disciplinas de cinco grandes áreas, sendo estas Ciências da Vida, Ciências Sociais e Administração, Artes e Humanidades, Ciências Naturais e Engenharia e Tecnologia.

A média da USP na disciplina que lhe deu a 11ª colocação foi de 85 pontos, sendo que a primeira colocada ficou com 94,8 pontos, que foi a Universidade de Stanford. Na frente da universidade brasileira, ficaram instituições da Austrália, Japão, Cingapura e Reino Unido. Já na classificação geral das Ciências Sociais e Administração, a Universidade de São Paulo ficou na posição 67ª.

Além disso, outras disciplinas da USP lhe deram boas colocações, como História em 27º lugar, Geografia em 31º, Filosofia em 44º e também Pesquisa Operacional, que rendeu o 48º lugar no ranking.

Essa pesquisa foi muito importante para o Brasil, pois colocou nosso país na posição de único da América Latina que conseguiu ter uma posição, em alguma disciplina, dentro das 20 melhores.

Por Guilherme Marcon

Fonte: Portal Comunique-se


A partir do dia 25 de junho estarão abertas as inscrições para o exame de transferência da Universidade de São Paulo (USP). A prova é aberta para graduandos que estudam no Brasil ou no exterior, porém estudantes de cursos sequenciais não poderão participar do exame.

Segundo o manual do candidato, o período de inscrição vai de 25 de junho a 8 de julho de 2012, sendo o valor da inscrição de R$ 100,00, pago por boleto bancário. A divulgação dos locais de prova sairá no dia 20/07/2012 no site da Fuvest.

Nesse certame, a universidade oferecerá 1.604 vagas distribuídas nas áreas de Exatas, Biológicas e Humanas. As outras vagas serão abertas para concorrência por meio de provas realizadas pelas respectivas unidades. Os campus que ofertarão vagas com provas centralizadas serão o de São Carlos e a Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas de São Paulo.

De acordo com o manual do candidato as seguintes faculdades não terão vagas disponíveis:

– Faculdade de Direito (FD) – São Paulo;

– Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP) – Ribeirão Preto;

– Faculdade de Odontologia (FO) – São Paulo;

– Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto (FORP) – Ribeirão Preto;

– Faculdade de Saúde Pública (FSP) – São Paulo;

– Instituto de Arquitetura e Urbanismo de São Carlos (IAU) – São Carlos.

Para mais informações acesse o site www.fuvest.br, clicando no link “Exame de Transferência”.

Por Thiago José Fernandes


A Universidade de São Paulo (USP) está com as inscrições abertas para o curso de Licenciatura em Ciências na modalidade semipresencial, ou seja, o aluno que fará o curso só será obrigado a frequentar um dos pólos da universidade aos sábados no período da manhã e tarde.

A USP juntamente com a Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia oferecem o curso de Licenciatura em Ciências para suprir uma necessidade de professores para a educação básica e, por mais que seja à distância, a qualidade de ensino será mantida integralmente.

As inscrições foram abertas no dia 26 de agosto e irão até o dia 9 de setembro de 2011, sendo que estas serão feitas exclusivamente pela internet, no site www.fuvest.br. O candidato deverá preencher o formulário com os dados pessoais, imprimir o boleto para pagamento da taxa de participação e efetuar o pagamento em qualquer agência bancária.

As provas da primeira fase ocorrerão no dia 27 de novembro de 2011 e o conteúdo será conhecimentos gerais. Quanto à segunda fase, no dia 8 de janeiro de 2012, será a prova de português e a redação, no dia 9 de janeiro de 2012, serão as provas de matemática, física, química, biologia, história, geografia e inglês e, no dia 10 de janeiro de 2012, serão as provas de biologia, física e química, novamente.

Por Natália Melo


Quer ganhar 15% de bônus na nota do vestibular de verão da Fuvest? Você pode conseguir isso participando do Programa de Avaliação Seriada da USP, o Pasusp.

Neste certame podem participar estudantes do 2° e 3° ano, que cursaram de modo integral o ensino médio em escolas da rede pública de ensino. Esta empreitada faz parte do Programa de Inclusão Social da USP, o Inclusp.

A sua inscrição deve ser feita até a data de 24 de agosto de 2011, pelo site da USP.

Para ler o manual do Programa de Avaliação Seriada da USP, clique aqui.

Vale lembrar que mesmo inscrito neste programa, os candidatos também deverão fazer as inscrições para o vestibular de verão da Fuvest, no período de 26 de agosto até a data de 09 de setembro de 2011. O custo para participação deste certame é de R$ 120 e os candidatos do Pasusp estão isentos da taxa.

A primeira fase do vestibular ocorre na data de 27 de novembro de 2011. Já a segunda fase terá os testes aplicados entre 08 e 10 de janeiro de 2012.

Para mais informações, acesse o site www.prg.usp.br.

Além do vestibular da USP, a Fundação Universitária para o Vestibular (Fuvest) também realiza as provas da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo. Na USP, são mais de 10 mil vagas oferecidas para os candidatos. Para mais informações sobre a fundação, acesse o site www.fuvest.br.


Para quem pretende cursar uma boa faculdade em 2012, é bom começar a se atentar as datas de inscrições que estão sendo divulgadas em todo o Brasil.

A USP (Universidade de São Paulo), uma das melhores faculdades do país, divulgou seu calendário completo recentemente, inclusive as datas e o regulamento para a isenção total da taxa de inscrição.

Para obter este benefício é necessário:

– Ter renda individual, caso seja responsável pelas próprias despesas e resida sozinho, ou renda máxima por integrante familiar de R$ 708,00.

– Comprovar residência no Brasil.

– Ter concluído (ou estar cursando) o ensino médio em escola pública.

Mas se apresse, pois as inscrições começaram no dia 13 de junho de 2011 e vão até 05 de agosto de 2011, sendo que a data limite para envio dos documentos comprobatórios é 10 de agosto de 2011.

Para mais informações, consulte: www.fuvest.br.

Por Natália Melo


Nesta terça-feira, 28 de junho, a USP (Universidade de São Paulo) divulgou a aprovação de novos cursos de graduação. São três cursos para a Escola de Engenharia de Lorena (EEL) e um curso para a Escola Superior de Agricultura “Luiz de Queiroz” (ESALQ), esta localizada no campus de Piracicaba.

Também foi aprovada a transferência para a cidade de Santos, do curso de Engenharia de Petróleo, que é oferecido na Escola Politécnica, para os alunos que ingressarem a partir de 2012. O novo local onde o curso será ministrado será na Vila Matias, centro da cidade.

Para os novos cursos, 120 vagas serão oferecidas para o campus Lorena, 80 para período diurno e 40 para noturno. Neste campus também foi aprovado que seja substituído o curso de Engenharia Industrial Química pelo curso de Engenharia Química, com seu currículo reformulado.

O número de vagas continuará o mesmo (80). Já no campus de Piracicaba, serão 40 vagas anuais para o novo curso (Administração). Para mais informações, acesse www.usp.br

Por Suelen Diniz


A partir de 30 de junho (quinta-feira) tem início o prazo de inscrição para o vestibular de transferência 2012 da Universidade de São Paulo (USP). Para se cadastrar, clique aqui. O candidato deve pagar a taxa de participação que custa R$ 100. As inscrições vão até 8 de julho (sexta-feira).

Os candidatos devem ser graduandos do Brasil e do exterior, exceto estudantes de cursos sequenciais ou tecnológicos.

São ofertadas 1.101 vagas para as seguintes instituições: USP/Fuvest (975) e Instituto de Física de São Carlos – IFSC/USP (126).

A primeira etapa consiste em uma prova objetiva com 80 questões e está prevista para 31 de julho (domingo).

O resultado para a segunda etapa será divulgado em 12 de agosto (sexta-feira). A escola de interesse do candidato será a responsável pela segunda fase. A data ainda não foi divulgada.

Veja mais detalhes clicando aqui. Boa Prova!

Por Melisse V.


A Comissão de Graduação da EACH-USP divulgou a decisão de que irá manter as 1.020 vagas oferecidas no vestibular do ano que vem. A Comissão também confirmou e continuidade do curso de obstetrícia, da forma como ele se encontra atualmente. Não haverá mais remanejamento de vagas.

A EACH-USP também decidiu que irá fazer a elaboração de um documento que responderá ao relatório elaborado por um grupo responsável pela revisão de vagas, que sugeriu as primeiras modificações.

O diretor da EACH, Jorge Boueri, confirmou a manutenção das 1.020 vagas da unidade USP-Leste. O diretor também garantiu que não poupar recursos para a permanência do curso de obstetrícia e para o seu reconhecimento pelo Cofen.

Por Iracema Iris Gonçalves


A USP divulgou a criação do Curso de Graduação em Saúde Pública. O curso terá início em 2012, ou seja, já estará disponível para os candidatos que forem prestar vestibular no final desse ano.

De acordo com as informações divulgadas pela Agência FAPESP e pela Faculdade de Saúde Pública, vão ser oferecidas 40 vagas para o curso vespertino, tendo duração de oito semestres.

O certificado será de bacharel em saúde pública.

Segundo a Instituição de Ensino Superior, quem fizer o curso estará apto a orientar questões graves da saúde da população, além de estudar a saúde sob o âmbito de fenômeno coletivo, que inclui aspectos demográficos, sociais, ambientais, históricos, políticos e epidemiológicos.

As áreas de atuação para quem se formar em saúde pública serão: vigilância em saúde ambiental, análise de situação de saúde, saúde do trabalhador, vigilância epidemiológica, gestão de sistemas e serviços de saúde, educação em saúde, vigilância sanitária, entre outras.

As aulas ocorrerão na Faculdade de Saúde Pública, na Av. Doutor Arnaldo, número 715, em São Paulo.

Por Iracema Iris Gonçalves


No dia 31 de março de 2011, aconteceu a reunião do Conselho de Graduação da Universidade de São Paulo (USP). O resultado foi a aprovação de uma bonificação maior para os alunos que queiram ingressar na Universidade e tenham estudado em escolas públicas.

Esses estudantes podem receber até 15% a mais na nota da prova do vestibular, considerando o desempenho que terão em duas provas que serão aplicadas no ensino médio, no segundo e no terceiro ano, respectivamente. O valor atual dessa bonificação é de 12%, no máximo.

Esse bônus faz parte do Inclusp (Programa de Inclusão de alunos de escola pública).

O Conselho ainda realizará outras reuniões visando mudanças no vestibular. Também será criada uma autenticação de informações dos vestibulandos pretendendo evitar que estudantes que não tenham completado o ensino médio sejam convocados nas listas de chamada.

Por Iracema Iris Gonçalves


A USP – Universidade de São Paulo, aprovou hoje o projeto de reformulação de seu programa para alunos de escola pública no vestibular, em reunião do Conselho de Graduação. Segundo o novo Inclusp, o aluno da rede pública pode ganhar até 15% de bonificação a partir da nota da primeira fase da Fuvest.

Com as modificações, o aluno pode prestar vestibular no 2º ano e ganhar 5% de bônus para o ano seguinte e poderá receber até 10%, se acertar 60 das 90 questões da primeira fase. A ideia é aumentar o número de estudantes da rede pública na instituição, que somam 25% dos aprovados no vestibular, de modo que possam ter contato com a Fuvest mais cedo. Até então, o máximo que o aluno que cursou o Ensino Fundamental e Médio em rede pública podia receber era de 12%, baseado em 3% automáticos, 6% de acordo com o Enem e 3% com base no Pasusp (Programa de Avaliação Seriada da Usp).

Ainda hoje, estudantes e membros do Núcleo de Consciência Negra protestaram contra as mudanças no vestibular da Usp, afirmando que o Inclusp não apresentou melhorias em relação à inclusão social. Ao mesmo tempo em que o projeto dá a oportunidade de alavancar as bonificações para o aluno, também corta os 3% que eram antes automáticos para a rede pública, de modo que o benefício só será aplicado de acordo com o desempenho no vestibular.

Por Livia Hay

 


Acontece nesta semana na USP (Universidade de São Paulo) uma reunião do Conselho de Graduação da instituição, onde será decidida a realização de mudanças no vestibular da Fuvest (Fundação Universitária para o Vestibular).

O processo de seleção, que seleciona estudantes para a USP e para a Santa Casa, vem passando por uma avaliação desde o ano passado, por integrantes do conselho mencionado, em relação ao formato atual, que vem sendo utilizado desde o ano de 2009.

O que está sendo proposto não foi divulgado até o momento, e só será feito após a decisão da reunião privativa do conselho, o qual tem representação de cada unidade da USP.

Para que não haja interferência no vestibular da Fuvest, as decisões deverão ser tomadas até o final do mês de abril deste ano. Além das mudanças no vestibular, também estão sendo estudadas pelo Conselho algumas mudanças no Projeto de Inclusão da universidade, que proporciona bolsas a estudantes que concluíram em escolas públicas todo o ensino médio.

Por Elizabeth Preático


Os estudantes que terminaram o ensino médio recentemente, e que pretendem fazer cursinho pré-vestibular, podem realizar a inscrição no Cursinho do XI, que é ligado ao Centro Acadêmico da Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo (USP), a partir do dia 21 de fevereiro. O local é em São Paulo, capital.

Para participar das aulas, é preciso pagar a mensalidade que varia entre R$ 120 e R$ 180.

As inscrições devem ser feitas diretamente na secretaria do cursinho, que fica na Av. Brigadeiro Luis Antonio, 277, 5º andar, no bairro da Bela Vista.

No ato da inscrição, é preciso que o interessado apresente o RG, CPF, comprovante de residência e também uma foto 3×4.

Para saber mais detalhes e informações, os números (11) 3107-6293 / 3101- 4583 ou o site www.cursinhodoxi.com.br, podem ser consultados.

Por Rafaela Ometto.





CONTINUE NAVEGANDO: