Mais uma vez, um dos símbolos que melhor representam a educação mineira é destaque no cenário nacional. Em um levantamento apresentado no último dia 08 de setembro pelo jornal Folha de São Paulo, a UFMG (Universidade Federal de Minas Gerais), foi considerada a 2ª melhor universidade Federal do Brasil.

Neste levantamento, foram avaliadas pelo jornal um total de 192 instituições de ensino superiores públicas e privadas do país.

Segundo o RUF (Ranking Universitário Folha), dentre os cursos oferecidos pela UFMG, os que mais se destacaram entre os das demais instituições avaliadas foram os cursos de Biologia, Ciência da Computação, Direito, Fisioterapia, História, Medicina Veterinária e o curso de Propaganda e Marketing.

Em 2014, a universidade que obteve o melhor desempenho na avaliação e foi eleita a melhor do país foi a USP (Universidade de São Paulo). Em segundo lugar ficou a Universidade Federal de Minas Gerais – UFMG.

Completaram ainda as cinco primeiras posições do ranking do RUF a UFRJ (Universidade Federal do Rio de Janeiro), que ocupa o terceiro lugar geral, o quarto lugar foi ocupado pela UFRGS (Universidade Federal do Rio Grande do Sul) e, fechando as cinco primeiras posições do ranking, a UNICAMP (Universidade Estadual de Campinas).

Para conhecer a lista completa do RUF (Ranking Universitário Folha) e saber quais são as universidades brasileiras que obtiveram as melhores avaliações no ranking do Jornal Folha de São Paulo, clique aqui.

A pesquisa para a eleição do RUF foi feita pelo Datafolha, com aproximadamente 611 professores universitários que avaliaram os cursos das instituições de ensino superior para o MEC. Além destes professores, participaram da pesquisa mais 1.970 responsáveis por recursos humanos, onde estes avaliaram as siglas de todas as 192 universidades.

Em uma visão mais ampla da sua importância na educação brasileira e na formação de pessoas e profissionais, a UFMG (Universidade Federal de Minas Gerais) ocupa ainda o 10º lugar no Ranking das melhores universidades da América Latina, segundo o QS World University Ranking 2014, e ocupa a posição entre 451-460 das melhores universidades do mundo

Estes resultados foram divulgados no último dia 15 de setembro. O QS World University Ranking é realizado anualmente e tem reconhecimento mundial.

Por Por Fabiano André de Carvalho


Os interessados em ingressar na Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), a partir do próximo ano, poderão se inscrever, no Vestibular 2012 da instituição, entre os dias 12 de agosto e 9 de setembro. Serão oferecidas um total de 6.670 vagas, distribuídas entre 76 cursos, ministrados em vários campi na capital mineira e em algumas cidades do interior do estado.

Somente poderão participar do processo seletivo os candidatos que se inscreveram para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2011, cujas provas serão aplicadas nos dias 22 e 23 de outubro, uma vez que as notas obtidas neste exame vão substituir as provas da antiga primeira fase do vestibular da UFMG.

Para aqueles que optarem pela participação no Programa de Bônus da UFMG, será necessário enviar alguns documentos para a instituição, até o dia 14 de setembro, conforme orientações do edital. O programa concede bônus de 10% às notas finais de cada etapa, para quem comprovar ter estudado todo o 2º grau e os quatro últimos anos do ensino fundamental na rede pública; e 15% para os candidatos que se autodeclararem pretos ou pardos.

As inscrições serão recebidas por meio do site www.sistemas.ufmg.br. A taxa custa R$ 95. 

Por André Gonçalves


A Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) liberou a lista dos candidatos excedentes convocados para a segunda entrada do Vestibular 2011, que irão ocupar vagas nos cursos de graduação, para início no segundo semestre letivo de 2011.

A lista pode ser conferida no site da instituição. Segundo o Departamento de Registro e Controle Acadêmico (DRCA) da UFMG, são 618 convocados nesta chamada.

Para efetuar o registro acadêmico, os calouros devem levar alguns documentos, entre eles: a identidade; o CPF; duas fotos 3×4 tiradas recentemente (com a identificação do curso e do nome do aluno no verso); título de eleitor; certificado de reservista (para os homens); histórico escolar do ensino fundamental (para os candidatos beneficiados pelo Programa de Bônus); histórico escolar do ensino médio; e certificado de conclusão do ensino médio. Além disso, o aluno precisa apresentar uma declaração, informando que não está matriculado em curso superior de outra instituição pública do país.

Por causa da greve dos servidores, ainda não foi definido o calendário de atendimento aos convocados, que deve sair ainda no mês de julho. As datas para a realização do registro acadêmico e a matrícula serão divulgadas posteriormente pela UFMG.

Mais informações no site www.ufmg.br

Por André Gonçalves


Quem estiver se preparando para o Vestibular 2012 da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) deve ficar atento às mudanças que estão sendo anunciadas pelo Cepe, referentes às provas da segunda etapa.

Uma das mudanças, de acordo com o Cepe, é que será aplicada uma nova prova aos candidatos de 44 cursos. A prova é a de Língua Portuguesa e Literatura Brasileira A, e não exige a leitura das obras indicadas para o processo seletivo.

Outra alteração diz respeito aos candidatos que tentarão uma vaga nos cursos de Teatro e Dança, Comunicação e Letras, que farão a prova de Língua Portuguesa e Literatura Brasileira B. Para tanto, será necessário a leitura dos livros: Dom Casmurro (de Machado de Assis); Infância (de Graciliano Ramos); Espumas Flutuantes (de Castro Alves) e Joias de Família (de Zulmira Ribeiro Tavares). Como o livro Mar Absoluto (de Cecília Meireles), está esgotado no mercado, ele foi retirado da lista das obras indicadas.

Há ainda uma terceira alteração, específica para o curso de Gestão de Serviços de Saúde, cujos candidatos farão as provas de Língua Portuguesa e Literatura Brasileira A e Matemática A, além da avaliação de História.

Fonte: UFMG

Por André Gonçalves


Se você está pensando em prestar o vestibular 2012 da Universidade Federal de Minas Gerais sem pagar a taxa de inscrição, fique atento a esta notícia. O Programa de Isenção da Taxa de Inscrição ao Vestibular da UFMG 2012 começa a aceitar as inscrições dos interessados a partir do dia 13 de abril de 2011. O grande intuito deste projeto e dar a oportunidade aos candidatos que não têm possibilidade de pagar as taxas devido às suas condições socioeconômicas.

Outro ponto importante para salientar, é que há também a possibilidade de conceder a alguns estudantes a isenção parcial das taxas. Assim, os candidatos ao vestibular efetuarão o pagamento de somente 50% do valor no ato de inscrição.

Após o início das inscrições para o PITV, os interessados poderão se cadastrar acessando o site ufmg.br/copeve, até a data de encerramento que é 03 de maio de 2011. Neste link listado acima, também poderá ser encontrado o resultado final daqueles que conseguirão a isenção, a partir do dia 05 de agosto de 2011.

Outras informações também pelos telefones (31) 3409 6700 ou 3409 4408. 

Por Oscar Ariel





CONTINUE NAVEGANDO: