Foi publicada nesta quinta-feira (dia 5 de julho) a primeira lista de aprovados no Programa Universidade Para Todos (ProUni), Programa do Governo Federal que tem por objetivo conceder bolsas integrais ou parciais a estudantes de baixa renda que queiram fazer um curso superior numa universidade ou faculdade particular.

A lista com o nome dos selecionados foi divulgada pelo Ministério da Educação (MEC). A consulta pode ser feita pelo site www.mec.gov.br.

Os alunos que foram escolhidos para ter acesso à bolsa deverão fazer a sua matrícula na instituição de ensino superior desejada até o dia 13 de julho. As vagas que por ventura sobrarem do processo de seleção deverão ser preenchidas numa segunda chamada, que será informada no dia 20 de julho e terá prazo de matrícula até o dia 26 do mesmo mês. Caso algum aluno não seja convocado nem na primeira, nem na segunda chamada, o mesmo poderá se inscrever para a lista de espera, entre os dias 2 e 4 de agosto. No dia 7 de agosto haverá mais uma convocação de aprovados.

O total de bolsas concedido nesta edição do ProUni é de 90.311, mas 456.973 pessoas se inscreveram para receber o benefício. Cada um dos candidatos pôde optar por dois cursos diferentes ou um curso com dois horários de aulas diferentes, o que somou 874.273 inscrições.

Fonte: MEC

Por Matheus Camargo


O Governo Federal instituiu nos últimos anos vários programas sociais que têm como principal objetivo ajudar as famílias de renda mais baixa, como o ProUni, que é o programa que oferece bolsas de estudo para que estudantes possam ingressar em cursos superiores de universidades privadas em todo o território brasileiro.

O Programa Universidade Para Todos (ProUni) distribui bolsas parciais e integrais e está vigorando desde o ano de 2005, já tendo auxiliado milhares de estudantes de baixa renda em todo o país.

Para participar da seleção do ProUni o candidato deve efetuar a inscrição, que acontece geralmente no início do ano, e participar do processo seletivo que em geral é realizado entre os meses de maio e junho.

Para participar o aluno deve ter concluído o ensino médio em rede pública ou privada com bolsa integral; ter renda familiar de até três salários mínimos por pessoa; ter prestado o ENEM e obtido pelos menos 400 pontos de média nas cinco matérias exigidas no exame e ainda não ter zerado na redação do mesmo.

Para fazer a inscrição o aluno deve acessar o site do MEC através do endereço: siteprouni.mec.gov.br.

Por Russel


As universidades de todo o Brasil que são participantes do Programa Universidade para Todos (ProUni) já poderão iniciar os seus processos seletivos para a seleção de acadêmicos que receberão bolsas remanescentes do programa. O prazo inicia já na segunda-feira (26) e segue até o dia 5 de abril.

As regras foram divulgadas pelo Ministério da Educação (MEC) na sexta-feira (23) e as bolsas são relativas ainda ao primeiro semestre deste ano.

Para fazer a seleção de candidatos, as instituições de ensino superior poderão utilizar o vestibular (para acadêmicos que iniciaram o curso em 2012) e o desempenho do aluno na universidade (para quem começou o curso em 2011).

Os alunos interessados em conseguir uma bolsa do ProUni deverão estar enquadrados nos critérios exigidos pelo Programa do Governo Federal relativos à renda familiar e escolaridade, ou seja, a pessoa deve ter remuneração de até três salários mínimos e ter cursado, no mínimo, o ensino médio em colégio público ou privado com bolsa integral.

No caso de docentes da rede municipal ou estadual de ensino que tentam uma vaga num curso de licenciatura, pedagogia ou normal superior, não é necessária a comprovação de remuneração.

Fonte: Ministério da Educação

Por Matheus Camargo





CONTINUE NAVEGANDO: