Não é fácil encontrarmos jovens nos dias de hoje que gostam de trabalhar com cálculos. No entanto, aqueles que gostam podem ter certeza de que o mercado é bem atrativo. Diante disso, vamos abordar neste artigo as principais profissões que trabalham com cálculos e que são bastante promissoras.

A princípio temos de lembrar aos futuros profissionais que essas áreas são para aqueles que amam a matemática e não se importam em passar horas a fio resolvendo equações. Com isso, a primeira área em destaque é a de Engenharia, em específico Engenharia Metalúrgica, a qual o profissional irá lidar com a transformação de minérios em metais e ligas metálicas nas aplicações industriais.

Em seguida temos a Engenharia de Controle e Automação em que o Engenheiro projeta e opera equipamentos utilizados nos processos automatizados das indústrias e realiza sua manutenção. No entanto, a área de Engenharia não para de crescer, e, com isso temos a Engenharia Aeronáutica que se ocupa do projeto e da manutenção de aeronaves, além do gerenciamento de atividades aeroespaciais.

Outra área de grande importância para aqueles apaixonados em cálculos é a Engenharia de Energia, na qual o profissional tem de planejar, analisar e desenvolver sistemas de geração, transporte, transmissão, distribuição e utilização de energia. Há, contudo, a Engenharia Química em que o profissional trabalha com o desenvolvimento de processos industriais que empregam transformações físico-químicas. E, juntamente com ela, podemos trabalhar com a Engenharia Física em que é possível pesquisar e desenvolver materiais e tecnologias.

Por fim, temos a Engenharia Ambiental que está bem crescente nos dias de hoje e o Engenheiro estará voltado para o desenvolvimento econômico sustentável, isto é, irá trabalhar com os limites dos recursos naturais. Como visto são inúmeras áreas, as principais voltadas para o ramo das engenharias. Lembrando que, há outros setores que trabalham com cálculos que não foram elencados nesta matéria. O que fizemos foi destacar as áreas mais promissoras dos últimos meses.

Por Luciana Viturino


O Estado-Maior do Exército publicou por meio do Diário Oficial de Imprensa os editais para preenchimento de 97 vagas referente aos Cursos de Formação e Graduação de Oficiais da Ativa do QEM (Quadro de Engenheiros Militares) e Formação de Graduação de Oficiais da Reserva de Segunda Classe do QEM do Instituto Militar de Engenharia.

As vagas para Graduação da Ativa são para os candidatos que desejam adquirir uma formação em Engenharia Militar e de Oficial do Exército. Já para a Graduação da Reserva são para os que buscam uma formação Militar e Oficial da Reserva e não desejam seguir carreira militar.

As especialidades de graduação oferecidas pelo Instituto são: Fortificação e Construção (Engenharia Civil), Elétrica, Eletrônica, Comunicações, Mecânica e Armamento, Mecânica e de Automóveis, Materiais, Química, Cartografia e Computação.

Os requisitos mínimos para a participação do concurso são: ser brasileiro nato, ter concluído o ensino médio, estar em dia com o Serviço Militar e Justiça Eleitoral, não ter sido julgado ou condenado por crime doloso, possuir no mínimo 16 anos e no máximo 21 anos de idade.

O concurso será composto por 3 Fases: Exame Intelectual, que será dividido em duas etapas (primeiramente uma avaliação objetiva das disciplinas de Matemática, Física e Química e posteriormente uma avaliação discursiva das disciplinas citadas e uma prova mista, objetiva e discursiva, de Português e Inglês); Inspeção de Saúde e Exame de Aptidão Física.

A taxa de inscrição é de R$ 95,00 e ela poderá ser realizada até o dia 2 de setembro de 2013 pelo site www.ime.eb.br.

Para obter mais informações acesse: vestibular.ime.eb.br.

Por Jeana Barreiro





CONTINUE NAVEGANDO: