Inscritos no Exame Nacional do Ensino Médio poderão verificar a localização da aplicação das provas através do aplicativo ou site do ENEM.

Conforme informação repassada pela diretora de gestão de planejamento do Ministério da Educação, Eunice Santos, os cartões que confirmam o local para realização do Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) estarão disponíveis a partir do dia 18 desse mês.

Eunice fez um pronunciamento no 4º Batalhão da Infantaria em Osasco, cerimônia que marcou o início da distribuição das provas do ENEM pelo país. São, ao todo, 77 mil malotes de provas. Segundo ela, o cartão de confirmação do local para realização das provas será encamihado por e-mail para cada canditado. Além do e-mail, é possível consultar o cartão através do aplicativo do Enem e acessando o site do Inep.

A exemplo da edição anterior do ENEM, nesse ano não haverá encaminhamento impresso do cartão de confirmação do local das provas. A consulta será exclusivamente digital.

As provas ocorrerão nos dias 5 e 6 de novembro. No primeiro dia serão 90 questões de múltipla escolha divididas entre ciência da natureza e ciências humanas. O segundo dia possui 45 questões de matemática, 45 de linguagens, códigos e suas tecnologias e a prova de redação. Ao todo serão 10 horas de prova: 4h30min para o sábado e 5h30min para o domingo.

Os estudantes devem ficar atentos ao local que realizarão as provas. É importante que o canditado conheça com antecedência qual a localidade da aplicação do Exame, assim, evita-se possíveis imprevistos. Os portões abrem às 12h e fecham pontualmente às 13h.

As notas obtidas no exame podem ser utilizadas para ingresso nas instituições federais e estaduais de ensino do país. No computo geral são mais de 8 milhões de inscritos que realizarão o ENEM 2016, 16 milhões de provas impressas e 17 mil locais de prova.

O ENEM 2016 também inova para garantir que não haja fraudes na realização do exame. Esse ano ocorrerá a confimação da identidade dos candidatos através da tecnologia de biometria (reconhecimento de digitais). Após assinarem a lista de presença, as digitais de cada canditado serão verificadas.

Matheus Griebeler


Confira aqui os critérios de avaliação da redação do Enem.

A pontuação da redação do Exame Nacional do Ensino Médio é muito importante para quem quer ingressar numa universidade federal ou ter uma pontuação final alta o suficiente para ingressar numa particular de grande porte, por isso veremos a fundo quais são os critérios de avaliação das redações usados pelos corretores. São eles:

Domínio da Norma Padrão da Língua Portuguesa:

A prova exige que seja feita uma redação dentro da gramática normativa. Só escreve bem quem lê bem e os corretores sabem muito bem disso. A dica? Leia! Dê uma chance ao universo literário, com certeza encontrará algo prazeroso e de quebra ainda enriquecerá sua bagagem cultural e seu vocabulário. Se for prestar outros vestibulares que exigem leituras de obras literárias, não deixe de lê-las.

Compreensão da proposta de redação:

Esse critério quer dizer que não serão aceitas redações que fujam do tema proposto. Leia o texto da proposta até saber quais informações elas pedem.

Seleção e organização das informações:

Utilize elementos coesivos para entrelaçar seu texto de modo que os parágrafos não se disponham isoladamente. Calcule bem o tempo que terá para elaborar a redação e, numa folha de rascunho, faça uma lista dos assuntos que você pode tratar na sua redação. A partir dos temas que você selecionou, ordene-os na sua lista, fazendo com que um assunto desencadeie o outro.

Demonstração de conhecimento da língua necessária para argumentação do texto:

Novamente, a gramática normativa e o vocabulário são extremamente valorizados numa redação, o que não significa que seja necessário usar palavras difíceis para expressar uma ideia. Mostre apenas que você tem uma carga cultural muito grande e sabe utilizá-la a seu favor.

Elaboração de uma proposta de solução para os problemas abordados, respeitando os valores e considerando as diversidades socioculturais:

A proposta está pronta, mas ela pede que você dê um outro rumo para os fatos ali tratados. Não significa que você deve fugir do tema, de forma alguma; significa que ninguém quer ler algo que já foi dito, querem uma visão diferente para solucionar a problemática, pois todas as outras já foram propostas sem solução. Isso é: fuja do clichê! Essas soluções só serão válidas, entretanto, se respeitarem as diversidade socioculturais, sem ofender ninguém.

Boa prova!

Jean Carlos Weber Andrades


Saiba aqui quais são os critérios de avaliação do ENEM.

O Exame Nacional do Ensino Médio permite que alunos ingressem no ensino superior público (universidades federais) e privado (a pontuação na prova dará desconto na mensalidade, proporcionalmente). A redação é fundamental para a pontuação final e muitos podem se sair bem na prova, mas ir mal na redação e acabar tendo uma nota não satisfatória. Mas existe algum método para ir bem na escrita?

Antes de tudo, se a escrita nunca foi o seu forte, tenha em mente que precisará estudar a fundo os fundamentos e as práticas dela. O site do ENEM disponibiliza as melhores redações, leia-as com atenção e tente perceber o que há em comum entre elas: a coesão, a estrutura, o gênero textual, a impessoalidade, o cumprimento do tema proposto etc.

Coesão

Um texto bem escrito é um texto coeso. Coesão é a “costura” das palavras, dos parágrafos. Perceba nas redações como os parágrafos se entrelaçam no decorrer do texto. Desenvolver temas diferentes em cada parágrafo é importante, sim, desde que haja um conectivo entre um assunto e outro.

Estrutura

Uma dica útil é fazer um esboço antes de passar para a folha definitiva da redação e perceber no seu texto como você irá estruturá-lo. O padrão do ENEM e de muitos vestibulares de peso é a introdução, onde deverá ser abordado o tema proposto e tudo o que o seu texto tratará até o final, parágrafos de desenvolvimento do tema, que deverá desenrolar o que foi citado na introdução. O desenvolvimento é o mais importante, pois é nele que você poderá mostrar seu potencial. E por último, a conclusão. A conclusão deve fechar o assunto, mas nunca finalize com as mãos atadas. Se critica algo em seu texto, apresente uma solução para o problema. Se o tema é uma pergunta, desenvolva sua dissertação e responda ao que foi perguntado!

Gênero textual

Em outros vestibulares, como a FUVEST, pode ocorrer a proposta fora do padrão dissertativo argumentativo, mas no ENEM ela é imprescindível. O gênero dissertativo argumentativo exige que seja feita uma análise crítica sobre os fatos. Argumente!

Impessoalidade

A dissertação deve ser feita, impreterivelmente, na terceira pessoa do plural. Isso dá maior credibilidade ao seu texto. Dizer “Pode-se observar o crescimento do gráfico…” é mais impessoal do que “A partir da minha observação constato o crescimento do gráfico…”.

Cumprimento do tema proposto

Muitas, inúmeras redações são zeradas porque fogem do tema proposto. Seu texto pode estar correto, corresponder à realidade, mas se não foi isso que o enunciado pediu, ele já será descartado.

Por último, lembre-se de praticar sua escrita. Guarde suas redações conforme as fizer e compare as atuais com as antigas, perceba sua evolução, critique-se, reconheça sua evolução ao longo do tempo. Pratique!

Jean Carlos Weber Andrades


Terceiro simulado do Enem é liberado pelo MEC.

O Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) vai disponibilizar através do MEC (Ministério da Educação e Cultura) o terceiro simulado online. O acesso é através do portal A Hora do Enem, para maiores informações acesse http://horadoenem.mec.gov.br/.

O simulado acontecerá no dia 13 de agosto de 2016 e o último será dias oito e nove de outubro deste ano. Alunos que terminaram o ensino médio poderão acessar o sistema e realizar o simulado.

A Hora do Enem é uma forma encontrada, para ajudar os alunos que irão realizar o Enem, pois muitos alunos não possuem tempo e dinheiro para estudar. Através da plataforma, eles terão as matérias e outras ferramentas disponíveis, a versão online facilitará para o mesmo.

O estudante encontrará informações diárias no site: A Hora do Enem e ficará sabendo sobre tudo o que acontece e estará a par das novidades. Contará com um programa da TV Escola e outros sites, além de realizar o suporte que envolve questões com respostas, de provas anteriores, assessoradas por professores. Vídeo-aulas para assistir matérias e uma plataforma de estudos, que é feita de acordo com o perfil da pessoa. Ela contém estudos personalizados, atividades e simulados.

Este ano o MEC criou quatro simulados, o acesso só poderá ser feito pela internet, no dia marcado para o teste e no horário de 00h01min até às 23h59min. Após esse prazo, a pessoa não conseguirá entrar no sistema, por isso é importante ficar ligado nas datas.

Os que forem fazer o simulado terão acesso à plataforma de qualquer lugar, desde que esteja conectada a rede da internet e estejam usando computadores ou celulares com o sistema adequado para acesso às redes e tablets.

Para os que não possuem o acesso online, mas que estão cursando o último período escolar, poderão se dirigir a qualquer escola pública e realizar o simulado. Para isso basta ter o cadastro na plataforma A Hora do Enem feito com CPF válido.

Um lembrete para os que irão realizar o próximo simulado do Enem: ao iniciar o acesso às questões, não poderá parar, deverá concluir toda a etapa. Se o estudante não conseguir concluir as respostas dentro do prazo, o sistema fechará na última questão respondida. É preciso ficar atento e bom simulado.

Arthur Gustavo Torres Doehler 


Confira nesta matéria algumas dicas do que estudar para a Prova do Enem 2016.

Estamos em agosto e novembro se aproxima cada vez mais. Os estudantes que irão fazer a prova do Enem estão a todo vapor nos estudos. Mas algumas dúvidas podem aparecer no meio do caminho, como por exemplo, o que estudar para o Enem? Bem, todo conteúdo aprendido durante os 3 anos de ensino médio são de grande importância para a realização da prova, dominar todas as matérias é essencial para mandar bem, mas claro que, existem alguns temas que caem constantemente nas provas.

Para quem está um pouco atrasado nos estudos, não precisa entrar em pânico, ou para quem deseja focar em algumas matérias ou revisar, existem matérias que sempre estão presentes nas provas do Enem, por isso é muito válido dar uma atenção especial a elas. Ficou curioso e quer saber quais são? Confira a seguir.

Vamos começar por aquela matéria que causa arrepio em uns e olhos brilhantes em outros, a Matemática. Uma matéria tão amada e odiada ao mesmo tempo, tem sido cobrada quase sempre da mesma maneira nas edições anteriores do Enem, os temas mais recorrentes são: Álgebra, Equações de 1º e 2º grau, Porcentagem, Operações com Frações, Análise de Gráficos e Tabelas, Estatística, Sistemas e Problemas, Probabilidade, Análise Combinatória e Cálculo de Área, Volume e Perímetro. De acordo com pesquisas feitas por professores de matemática, essas são os temas que mais aparecem no Enem. Fique atento a elas.

Vamos continuar na área de Exatas e vamos para Física. Outra matéria que costuma dar arrepios, mas há quem goste. Vamos aos temas mais recorrentes, que são: Mecânica, Energia, Eletricidade, Termofísica, Onda e Óptica. De acordo com os professores de física, esses temas apareceram constantemente nas edições anteriores do Enem, por isso, é importante dar uma atenção especial a elas.

Seguindo a regra, vamos falar de Química. Outra matéria do grupo das assustadoras, mas vamos lá, os temas que mais caíram nas provas de química foram: Estequiometria, Termoquímica, Neutralização e Oxidação, Equilíbrios Químicos, Ph, Funções Orgânicas e Tabela Periódica. É importante o estudante conhecer bem a tabela e saber procurar os elementos para economizar tempo. E também dar uma olhada mais atenta a esses assuntos em destaque.

Não é exatas, mas faz parte das Ciências da Natureza, vamos falar agora sobre Biologia. Uma matéria bem interessante que agrada muitas pessoas, apesar de ter algumas matérias mais complexas, a biologia encanta. Os temas que mais caem em biologia são: Genética, Ecologia, Evolução, Fisiologia Humana, Meio Ambiente e Imunização. É importante, além de atenção a esses assuntos, o estudante se atentar a questões de saúde atuais, pois o Enem tem costume de relacionar temas atuais com as matérias. Fique atento!

Vamos agora para as Ciências Humanas, começando por História. Para quem gosta de Humanas, essa é a matéria favorita. Os temas mais recorrentes em histórias são: Brasil República, Era Vargas, Brasil Colônia, Cultura Negra no Brasil, Segunda Guerra, Revolução Industrial e Brasil Império. As questões se Ciências Humanas são muito interpretativas, além do conhecimento teórico, é importante saber interpretar bem as questões.

Seguindo, agora vamos ver quais são os assuntos mais abordados em Geografia, assim como em História, as questões de interpretação estão muito presentes, fique atento. Os temas que mais caem em geografia são: questões envolvendo o impacto da tecnologia na vida social e política, Problemas Urbanos, Espaço Rural, Globalização, Impactos Ambientais e Geopolítica. Mais uma vez, leia os jornais, fique atento às novidades do mundo, questões atuais podem cair no Enem.

Indo para as últimas matérias Português e Redação. Como todo o Enem, português não poderia ser diferente, é uma prova que exige um grande grau de interpretação do estudante. Além de interpretação, o estudante tem que prestar atenção em: Gêneros Textuais, Norma Culta e Popular, Funções de Linguagem, Figuras de Linguagem e dentro de Português também é cobrado Literatura, é importante se atentar as Escolas Literárias. E para Redação, muito exercício e muita leitura. Leia bastante, principalmente notícias do Brasil e do mundo, pois com certeza, o tema da redação será sobre algo atual.

Siga as dicas e estude bastante, assim o resultado do Enem será o melhor possível. Bons estudos!

Camilla dos Santos Batista


Aulas serão gratuitas e para um número limitado de estudantes.

Duas instituições de ensino estão com vagas abertas para cursos gratuitos de preparação para o Exame do Ensino Médio (Enem) 2016. As oportunidades são para interessados na região de Campinas, no estado de São Paulo, e para quem reside na cidade de Manaus, no estado do Amazonas.

São Paulo

O curso preparatório para o ENEM em São Paulo será ministrado pela Faculdade de Jaguariúna (FAJ), localizada na região de Campinas, através do projeto “Pró Enem”. As aulas terão início em agosto e seguirão até 29 de outubro para os candidatos selecionados.

O processo de seleção dará prioridade a alunos do terceiro ano do Ensino Médio que trabalham. São oferecidas 60 vagas para o curso gratuito, que será ministrado todos os sábados, das 8h30 às 13h10.

Serão abordadas as principais disciplinas solicitadas no Enem, como Redação, Língua Portuguesa, Matemática, Inglês, Biologia, Física, Química, História, Geografia e Filosofia, além de temas de atualidades.

Alunos que trabalham terão prioridade no processo de escolha dos candidatos, seguidos dos demais alunos que cursam o terceiro ano e, finalmente, alunos do segundo ano do Ensino Médio e interessados que já tenham concluído o Ensino Médio, mas pretendem prestar Enem neste ano.

Informações e Inscrições: (19) 3837-8500 – Faculdade de Jaguariúna: Rua Amazonas, 504 – Jardim Dom Bosco, Jaguariúna, SP.

Amazonas

Já no Amazonas, o curso preparatório gratuito para o Enem 2016 é oferecido pelo Instituto Federal de Educação do Amazonas (IFAM), que disponibiliza 120 vagas para interessados em se preparar para o exame.

As aulas serão ministradas pelos alunos de licenciatura do Campus Manaus- Centro da IFAM, que abordarão as matérias de Química, Física, Biologia e Informática, com ênfase nos temas abordados pelo Exame Nacional do Ensino Médio nos últimos anos. As aulas gratuitas para o Enem acontecem aos sábados, das 8h30 às 11h45, no Campus Manaus, que fica na Avenida Sete de Setembro, no Centro da cidade de Manaus.

Podem se inscrever apenas alunos que cursam o terceiro ano do Ensino Médio em escolas públicas no ano de 2016 e que deverão prestar o Enem ainda neste ano. Os interessados em participar das aulas preparatórias devem se inscrever para o curso preparatório gratuito da IFAM somente através do site: www.doity.com.br/preparatorioifam.

André Barbirato


Curso terá apenas 70 vagas e os interessados passarão por uma triagem.

Quem irá prestar o Exame Nacional do Ensino Médio, o Enem, sabe o quanto este período pode ser estressante e desgastante. Pensando nisso, a Faculdade de Jaguariúna, a FAJ, abriu as inscrições para um projeto da instituição que colabora na preparação do candidato para as provas.

Com o nome de “Proe Enem”, o mesmo é um curso preparatório aberto para quem quiser participar. As inscrições são realizadas no portal da faculdade, no http://www.faj.br/. Além disso, é importante saber que não é cobrado taxa para se inscrever, sendo o mesmo, dessa forma, gratuito.

A execução das aulas será entre os dias 6 de agosto até 29 de outubro de 2016. Essas acontecerão sempre das 8h30 às 13h10, nos sábados.

Por ter somente sessenta vagas, será realizado um processo de triagem dos candidatos interessados, levando em conta alguns requisitos importantes. Sendo assim, será dada prioridade aos alunos que cursam o terceiro ano do ensino médio e que trabalham. Após, serão selecionados os que estão no terceiro ano e, finalmente, os demais estudantes que estão em outras turmas ou que já concluíram os estudos no ensino médio.

Sobre as disciplinas que serão abordadas, os temas são extremamente completos. Dessa forma, ocorrerão aulas sobre atualidades, filosofia, história, geografia, física, química, matemática, biologia, inglês, redação e gramática. Essas acontecerão na sede da Faculdade Jaguariúna, localizada no seguinte endereço: Rua Amazonas, 504, Jardim Dom Bosco.

Para mais informações, basta ligar para o telefone (19) 3837-8500 e solicitar esclarecimento de dúvidas.

A edição 2016 do Exame Nacional do Ensino Médio acontecerá durante os dias 5 e 6 de novembro. Ocorrendo em toda a extensão do Brasil, a avaliação é composta por quatro provas, sendo estas objetivas e com 45 questões em cada. Além disso, também é solicitada uma redação com assunto previsto pelos organizadores. A divisão dos temas é a seguinte:

  • 5 de novembro (sábado) – Ciências da Natureza e suas Tecnologias (Física, Biologia e Química); Ciências Humanas e suas Tecnologias (Sociologia, Filosofia, História e Geografia). Para esta etapa, o tempo de prova é de 4 horas e 30 minutos.
  • 6 de novembro (domingo) – Redação; Matemática e suas Tecnologias; e Códigos e suas Tecnologias (Língua Estrangeira, Língua Portuguesa, Literatura, Educação Física e Tecnologias da Informação e Comunicação e Artes). O tempo de duração dos exames é de 5 horas e 30 minutos.

Kellen Kunz


Aula será realizada no início de julho e acontecerá na sede do Grupo de Apoio Preparatório (GAP), em Recife (PE).

Se você mora no Recife e irá fazer as provas do Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM), não deixe de ir ao aulão.

Acontecerá dia 02 de julho, na sede do Grupo de Apoio Preparatório (GAP), em Casa Forte, zona norte do Recife.

O projeto GAP é uma extensão da UFPE (Universidade Federal de Pernambuco), que tem como intuito preparar jovens para o vestibular.

A inscrição tem o valor de R$ 25,00 (vinte e cinco reais). O aulão tem objetivo de apresentar conteúdos relevantes ao candidatos ao ENEM.

O Enem

O Exame Nacional do Ensino Médio acontecerá nos dias 5 e 6 de novembro (sábado e domingo, respectivamente) no período da tarde. As inscrições já encerraram em maio.

As matérias são sempre as mesmas, sendo Redação e 180 questões divididas em módulos referentes a Linguagens e Códigos, Ciências Humanas, Ciências da Natureza e Matemática.

No sábado o portões abrirão às 12 horas e fecham às 13 horas, sendo a prova com duração de 4 (quatro) horas e 30 (trinta) minutos. Já no domingo o horário de abertura e fechamento é o mesmo, mas a duração é de 5 (cinco) horas e 30 (trintas) minutos.

Porque se preparar para o Enem?

O ENEM tornou-se a porta de entrada para as universidades brasileiras, pois é uma forma de avaliar o conhecimento adquirido no nível médio, de forma mais ampla. Também é importante para conseguir vaga nos programas estudantis do governo, como Fies, Sisu e Prouni.

O Fies

O Financiamento Estudantil trata-se de um financiamento com juros baixos aos alunos que não conseguem pagar o valor integral das mensalidades das universidades particulares.

O Sisu

O Sistema de Seleção Unificada é o programa do qual universidades públicas podem oferecer vagas aos candidatos do ENEM.

O Prouni

O Programa Universidade Para Todos oferece bolsas em universidades particulares, de acordo com a pontuação no ENEM.

Faça sua inscrição e garanta sua vaga no aulão. Nos dias 1 e 2 de julho, na sede do GAP, localizado na Praça de Casa Forte, n° 365, das 15 às 17 horas.

É importante estudar para o ENEM e poder ter a certeza de uma vaga na universidade, mas não deixe de procurar outros meios de estudo, como apostilas, livros, internet, etc.

Caroline Silvério


Confira aqui algumas dicas de planejamento de estudos para o Enem 2016.

As inscrições para o ENEM 2016 já terminaram, mas a maratona de estudos para o exame que será feito por mais de 9,2 milhões de estudantes em todo Brasil só está começando. Uma forma simples de garantir sucesso na hora do vestibular é a organização no processo de estudos, dessa forma você otimizará seu tempo e terá uma bagagem de conhecimento bem cheia até os dias 5 e 6 de novembro. Agora vamos deixar de procrastinar e fazer nosso planejamento de estudos.

Por onde começar?

A quantidade de conteúdo a ser estudado para um vestibular como o ENEM é grande e para que nada fique de lado é interessante fazer um planejamento semanal de estudos com horários, matérias e quantidade de exercícios a serem feitos por dia. Estudar conteúdos aleatoriamente pode deixar você muito mais confuso, é importante lembrar que cada disciplina tem seu tópicos divididos em ordens cronológicas e estudá-los fora dessa ordem pode prejudicar seu tempo.

Faça um cronograma levando em consideração as matérias de cada competência que será cobrada no exame. Na segunda-feira, você pode estudar uma matéria de cada competência como História (Ciências Humanas), Física (Ciências da Natureza) e Literatura (Linguagens e Códigos) e usar esta lógica cíclica para os outros dias da semana. O final de semana pode ser para revisão de conteúdo, redação, leitura global e descanso.

Não tenha medo de fazer pausas durante os estudos.

É muito importante entender que nosso cérebro é como um músculo que cansa quando é sobrecarregado de atividades. Por isso é interessante fazer pausas entre os estudos para que sua habilidade de concentração e foco não vá se perdendo e, principalmente, revezar as disciplinas estudadas, já que o ENEM se divide em 5 grandes blocos ou competências que são: Ciências Humanas e suas tecnologias, Ciências da Natureza e suas tecnologias, Matemática e suas tecnologias, Linguagens, códigos e suas tecnologias e por fim a Redação.

Crie uma rotina, estipule um tempo de estudo para cada competência (entre 1 hora e 1 hora e meia), faça pausas (não tão longas) entre elas para não sobrecarregar seu cérebro e faça exercícios de fixação. Personalize seu planejamento de estudos, o MEC tem uma plataforma com simulados para testar os seus conhecimentos e o INEP também disponibiliza as provas dos anos anteriores com os gabaritos para você conferir as respostas no final.

Faça uma redação por semana.

Redação também é matéria para ser estudada, afinal, é preciso saber sobre o que se está escrevendo.

Aproveite a leitura do final de semana e pesquise sobre o que está acontecendo no mundo, aumente seu acervo de palavras, aprenda a formar e embasar suas opiniões e coloque tudo em prática, sempre estruturando seu texto de acordo com o gênero. O ENEM costuma propor a redação de um texto dissertativo-argumentativo.

Lembre-se também que a interpretação de textos serve para todas as competências. As provas do ENEM estão cheias de textos e damandam bastante leitura.

Agora você está pronto para a maratona de estudos.

Boa prova!

Ana Luiza Suficiel


Confira aqui todas as informaçõs sobre o Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) 2016.

Na página virtual http://enem.inep.gov.br encontramos o passo a passo para quem vai participar do ENEM 2016. Aplicativos para celular e editais estão disponíveis para download neste site, além do telefone de ajuda, o 0800-616161.

As inscrições foram do dia nove (9) ao dia vinte (20) de maio, exclusivamente pela internet. Manter os dados cadastrais atualizados, são as recomendações principais, umas vez que o Inep envia informações importantes e comunicações sobre o exame para o participante.

Na página do participante, informando o CPF e senha cadastral, estará disponível o cartão de confirmação para impressão. Neste cartão encontramos o número da inscrição, data, hora e local de realização das provas, a indicação do atendimento, a opção de língua estrangeira e, quando for o caso, solicitação de certificação.

No site do Enem encontramos as datas das provas, 5 e 6 de novembro, sábado e domingo, respectivamente. A prova do sábado terá o tempo de 4,5 horas com as matérias de história, geografia, filosofia, sociologia, química, física e biologia. Já a prova do domingo terá uma hora a mais de duração e além da redação, cairá também as matérias de língua portuguesa, literatura, língua estrangeira, artes, comunicação e matemática e suas tecnologias.

Os candidatos devem comparecer nos locais indicados às 12 horas, horário de Brasília. Seus portões se fecham às 13 horas para a realização de procedimentos de segurança e as provas se iniciam às 13:30.

Algo importante para  o candidato é verificar a validação da inscrição na página do ENEM. O local onde serão realizadas as provas também estão nesse site. Para não ter atraso, se recomenda que o candidato faça o trajeto até o endereço e verifique o mesmo em sábados e domingos, lembrando que quem não chegar na hora perde a prova.

A taxa de inscrição foi de R$ 68,00, mas a isenção desta foi dada aos participantes que irão concluir o ensino médio (em 2016) em escola pública e aos candidatos que pertencem a famílias de baixa renda.

No dia da prova, o candidato deverá apresentar um documento original de identificação com foto. As exigências detalhadas deste documento estão descritas no site do Enem mencionado acima, onde todas estas informações foram fornecidas.

Por Fernando Dias


Inscrições deverão ser realizadas entre 9 e 20 de maio. Exame passará por mudanças no procedimento de segurança.

O Ministério da Educação (MEC) publicou no Diário Oficial da União, do dia 15 de abril, as novidades para a aplicação do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2016. Serão adotadas novidades no procedimento de segurança deste ano, os candidatos deverão guardar seus pertences eletrônicos em porta-objetos, que serão lacrados. O uso de detectores de metais e a coleta de impressão digital também compõem o conjunto de mudanças.

As inscrições para o exame vão de 09 a 20 de maio, com taxa de R$ 68,00 (sessenta e oito reais), que poderá ser paga até dia 25 do mesmo mês, em qualquer agência bancária, casa lotérica ou agência dos Correios, por guia de recolhimento da União (GRU). A isenção do pagamento será concedida aos estudantes que concluírem o ensino médio este ano em escola pública ou que se enquadrarem nas condições econômicas estipuladas.

A aplicação das provas será nos dias 5 e 6 de novembro (sábado e domingo, respectivamente). No primeiro dia, sábado, os estudantes farão testes de ciências humanas e naturais, com início às 13h30. No domingo, as avaliações de linguagens, códigos, redação e matemática começarão no mesmo horário.

O Enem é a principal forma de acesso às universidades públicas no Brasil. Pode ser considerado, contudo, um instrumento de seleção para programas de incentivo à educação universitária do governo federal, como o Programa Universidade para Todos (Prouni). O programa oferece desconto em instituições privadas a alunos saídos do ensino médio na rede pública, ou da particular, com bolsas de estudo integrais. Outro pré-requisito é que o candidato tenha renda familiar per capita de até três salários mínimos.

O Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) é outra forma de ingresso no ensino superior facilitada pelo Enem. Para usar o fundo, os alunos devem ter participado de alguma das edições do exame, a partir de 2010, e fazer no mínimo 450 pontos na média das provas, além de atingir nota superior a zero na redação. Cerca de 6 milhões de estudantes fizeram as provas em 2015. Para este ano, a expectativa do governo é atingir 8 milhões de candidatos. Não perca o prazo. Para maiores informações, você pode acessar o portal do Ministério da Educação.

Por Janaina Pereira


Página se chama

Está estudando para o Enem? São muitas disciplinas a serem relembradas para que você tenha um bom aproveitamento na prova. Embora estudar sozinho seja possível, nem sempre é fácil. Quem tem condições de pagar um cursinho, pode aproveitar dos ensinamentos dos professores e tirar todas as dúvidas nas aulas. E quem não tem? Como fazer?

Pensando nisso o Ministério da Educação criou um portal especial, com aulas, simulados e dicas. É o “Hora do ENEM”, que pode ser acessado no site http://tvescola.mec.gov.br/tve/serie/hora-do-enem. O cadastro é simples e sem custo. Basta colocar o nome, email e criar uma senha, que você vai usar para acessar o portal.

Além dessas facilidades, ele ajuda também a fazer um cronograma de estudos, que vai ajudar você a se organizar para se preparar para o ENEM. Clique aqui e faça o seu cadastro.

Pela internet tudo fica mais fácil, pois é possível assistir às aulas a qualquer momento, de onde estiver. Assim, você pode fazer seu horário de estudos sem se preocupar em se deslocar para assistir a alguma explicação. Além disso, quem estuda e trabalha pode acessar as aulas no horário que mais lhe convir. Simples, rápido, fácil, gratuito e sem sair de casa!

Porém, há pessoas que não têm internet em casa e isso dificultaria um pouco o acesso ao portal. Por isso, o “Hora do Enem” está disponibilizando também aulas que serão transmitidas pela TV Escola e outras parceiras. São 30 minutos de estudo todos os dias da semana, que podem ser assistidos pela TV. Matemática, Linguagem, Ciências da Natureza, entre outros temas, como dicas de redação, serão abordados de segunda a sexta.

Está oportunidade já está disponível. O cadastro já pode ser feito, mas caso prefira, pode assistir às aulas na TV a partir de maio. É só ficar atento à programação da TV Escola (Brasília – Canal 2.3, São Paulo – Canal 3.3, Rio de Janeiro – Canal 2.3 e pela parabólica polarização horizontal – Frequência 3770).

Já os simulados serão online, sendo o primeiro no dia 30 de abril, o segundo no dia 25 de junho e os dois últimos nos dias 13 de agosto e 8 e 9 de outubro, respectivamente. Fazer simulados é uma maneira de saber quais as matérias você precisa se dedicar um pouco mais e também de aprender a dividir bem o tempo de prova. Aproveite e participe!

Por Milena Godoy


Exame deverá contar com mais inscritos e tema de redação pode ser mais difícil que em 2015.

A expectativa para o ENEM sempre é muito alta, o exame é o único que permite a entrada nas universidades públicas de todo o país, se tornando cada vez mais concorrido ao longo dos anos. Foram aproximadamente 8,4 milhões de inscrições no ano de 2015 e a previsão para este ano é ainda maior.

As maiores especulações sobre o exame sempre são com relação aos possíveis temas da redação, que todo ano surpreende e muitas vezes desagrada os candidatos. A didática da escolha de temas é geralmente intercalar os assuntos por ano, em mais fáceis e comuns, com mais complicados e inesperados. O tema do ano passado foi a Violência contra a Mulher, um assunto extremamente comentado na atualidade. Isso indica que o tema deste ano será provavelmente mais incomum. As possíveis opções vão desde a Revogação do Estatuto do Desarmamento Aeroespacial Brasileiro, até o Aborto, Intolerância Religiosa e Maioridade Penal, temas esperados em todos os anos do teste.

Programas como o SISU, Prouni e Fies também aumentam consideravelmente a procura do teste, pois são métodos de democratizar a entrada nas universidades, além de ser possível também se adquirir o certificado de conclusão do ensino médio, para candidatos maiores de 18 anos na época da prova, que tenham atingido a pontuação necessária cobrada pelo MEC (Ministério da Educação).

No ano de 2016, é previsto um investimento de até R$ 18,7 bilhões em contratos do Fies, pelo MEC. O Prouni 2016 também já ocorreu, tendo suas inscrições do dia 19 de janeiro ao dia 22 de janeiro deste ano, possibilitando bolsas de até 100% para faculdades particulares, aos estudantes que se adequarem aos requisitos necessários.

Os inscritos no Enem 2016 devem sempre se lembrar das informações necessárias, como: saber o local da prova com antecedência, chegar cedo ao local de realização do teste, para evitar os recorrentes problemas de atraso e fechamento dos portões, que ocorrem todos os anos e podem destruir a chance de entrada na universidade.

Preparação, estudo e pesquisa são essenciais para uma boa pontuação no teste, sendo muito comuns questões que envolvem atualidades e conhecimentos gerais. Por isso, quem quer realizar uma boa prova, além das matérias comuns, tem que estar atento aos diversos temas e notícias atuais.

Letícia Mendes Crisóstomo





CONTINUE NAVEGANDO: