No vestibular ou no Enem, uma boa redação é essencial para se obter aprovação. Nesses concursos (quer queira, quer não queira), este é um mal necessário. Existem fatores que devem ser considerados para se fazer um bom texto dissertativo/argumentativo. Veremos o que pode ser útil na hora de encarar algum concurso vestibular ou o próprio exame do ensino médio.

Um dos pontos mais importantes – senão o mais interessante – é estar bem informado. Sem estudar assuntos de atualidades, não é possível fazer uma boa redação. Segundo a professora Maria Aparecida Custódio (escola Objetivo): “O candidato precisa estar atento às questões que estão mobilizando a opinião pública e que podem provocar polêmicas no país”. Sem as informações adequadas, é inviável chegar a uma boa pontuação na prova argumentativa/dissertativa.

A tendência dos temas das redações do Enem são justamente temas sociais, os quais estão atrelados a assuntos da atualidade, como já comentado – por isso da importância de se estar atualizado desses temas. Pode ser que seja um tema atípico para quem faz a redação na hora do exame, mas com certeza as informações que o vestibulando captou, estudou ou recapitulou meses antes da prova, serão de extrema importância para o desenvolvimento do tema proposto.

Outro aspecto primordial é estar tranquilo para enfrentar o exame. Estude, mas descanse bem na semana que antecedente ao exame. Além de estudar, é preciso dar um tempo a mente, para que ela possa absorver o que foi estudado – esse é o melhor método a ser seguido, quando se fala de estudos preparatórios. O nervosismo na hora da prova atrapalha tudo, acaba bloqueando o que foi estudado.

Portanto, para o próximo exame, estude, organize-se, relaxe. Seja um estudante aplicado. Respeite o seu corpo e mente, dando repouso necessário para eles. Leia revistas, sites especializados em estudos e provas de concursos e exames preparatórios. Estude temas da atualidade para a prova da redação, e lembre-se de que o que foi estudado, em qualquer hipótese, ajudará a você a elaborar uma boa redação.

Por Reginaldo Soares


Está começando a se preparar para o vestibular e/ou Enem e não sabe qual língua estrangeira vai escolher? Então você está lendo o texto certo! Darei-lhes algumas dicas para que essa escolha se torne mais prática e fácil para vocês.

Quero começar dizendo que é um erro que muitos cometem escolher a língua espanhola por achar que ela é semelhante com a língua portuguesa. Já ouvi muitas pessoas dizendo: “Espanhol é igual a Português!” Pois não é!

A língua espanhola está cheia de “pegadinhas” ou os chamados Falsos cognatos.  

A dica é: Se você tem dificuldades com a gramática do Português, não se atreva a escolher como língua estrangeira o Espanhol, pois sua estrutura gramatical é praticamente igual ao nosso Português, isto ocorre pelo fato dessas duas línguas serem filhas do Latim.

Agora vamos falar um pouco do inglês. O Inglês é muito mais fácil que o espanhol. Não tem muitas regras gramaticais, é uma língua simples e direta. Sua estrutura gramatical é bem simples se comparado ao português e ao espanhol. A única coisa difícil que você pode enfrentar com os estudos da língua inglesa é a pronúncia.

Segunda dica: Não escolha uma língua ou outras por causa dos seus amigos ou sua família.

A terceira dica é: O que você mais gosta? Qual você tem mais afinidade? Pois então siga em frente.

Quarta e última dica: Independente da língua que você escolheu leia e responda questões dessa língua. E não esqueça: A prática sempre faz a diferença!

Por Lidiane de Jesus Freitas


Estão abertas as inscrições para o ENEM 2013 (Exame Nacional do Ensino Médio), e as mesmas poderão ser feitas através do site www.enem.inep.gov.br. O seu resultado serve para que os candidatos aprovados tenham acesso a várias universidades, através do SiSU e do ProUni.

O valor da taxa de inscrição é de R$ 35,00, e os candidatos interessados têm até o dia 27 de maio, segunda-feira, para fazer suas inscrições. Lembrando que alunos que estão concluindo o ensino médio em escola pública são ISENTOS da citada taxa.

Para fazer a inscrição o candidato deverá informar alguns dados (escolares, familiares, etc) e escolher o idioma da prova de língua estrangeira (inglês ou espanhol), além é claro do local da prova. O ENEM é o segundo maior vestibular do mundo, só "perdendo" para o vestibular chinês.

Segundo informações da mídia, as provas serão bastante rigorosas, principalmente no quesito correção das redações, tendo em vista as inúmeras polêmicas dos últimos anos. O mais importante é não perder tempo e começar a se preparar desde já! Em vestibulares, o melhor caminho para o sucesso são os estudos.

As provas acontecerão em outubro, nos dias 26 e 27

Por Vinicius Cunha





CONTINUE NAVEGANDO: