Fies 2019 – Inscrições Abertas

Fies 2019 – Inscrições Abertas




O prazo para realizar a inscrição na seleção do FIES 2019 se encerra no dia 14 de fevereiro.

O FIES está com vagas abertas para alunos que quiserem financiar os estudos em uma faculdade pública ou particular. Os interessados deverão acessar o seguinte endereço: http://fiesselecao.mec.gov.br. O prazo para inscrição termina no dia 14 de fevereiro.

Estudantes que realizaram o ENEM podem participar. Para isso, devem ser cumpridos alguns requisitos como:


  • Ter participado da edição do ano de 2010 em diante;
  • Ter obtido nota média nas provas igual ou superior a 450;
  • Não ter zerado na redação.

Vagas

Além das 100 mil vagas ofertadas pelo Ministério da Educação (MEC), também haverá 450 mil vagas na modalidade P-FIES.

Mas como funcionam as modalidades FIES e P-FIES?

No FIES são beneficiados estudantes com renda per capita mensal familiar de até 3 salários mínimos, isso na modalidade 1.

Na modalidade 2, que engloba o P-FIES, os estudantes devem ter uma renda per capita mensal familiar de até 5 salários mínimos, correspondentes às regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste.


Os recursos utilizados nesse caso são provenientes dos Fundos Constitucionais e de Desenvolvimento.

Por último, a modalidade 3 que também pertence ao P-FIES contempla estudantes de todas as regiões do Brasil, que tenham renda per capita mensal familiar de até 5 salários mínimos.

Nesta última modalidade, o financiamento é feito pelo BNDES – Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social.

Não será permitida a mudança de uma modalidade para outra após o início do financiamento.

Outra informação interessante para quem vai fazer o FIES 2019 é a não necessidade de fiador, algo que dificultava muito a obtenção do financiamento por parte do estudante.

Os resultados para quem optar pelo FIES serão de chamada única e lista de espera.

No caso do P-FIES haverá apenas chamada única.

Os critérios utilizados para a seleção dos candidatos serão:

  • Não ter terminado o ensino superior e não ter recebido financiamento para os estudos;
  • Não ter terminado o ensino superior e ter recebido financiamento para os estudos, com a quitação total da dívida;
  • Possuir o ensino superior, ter recebido financiamento para os estudos, bem como a quitação total da dívida.

Ao realizar a inscrição, o estudante poderá escolher 3 opções de cursos disponíveis para áreas que atendam ao seu interesse.

No dia 25 de fevereiro de 2019 será divulgado o resultado da pré-seleção referente ao primeiro semestre.

Os estudantes que forem selecionados pelo FIES terão do dia 26 de fevereiro a 7 de março para realizar a contratação do financiamento.

Aqueles que estiverem na lista de espera aguardarão a pré-seleção que ocorrerá do dia 27 de fevereiro até o dia 10 de abril.

Prós e Contras

O FIES permite um bom financiamento, contudo, segundo estudos realizados pela Controladoria Geral da União (CGU), estudantes que optam por fazer faculdade usando o FIES pagam cerca de R$ 10.500,00 a mais pelo valor total de um curso, do que alunos que não utilizam o financiamento.

A mensalidade cobrada do aluno ao obter o financiamento são geralmente mais caras, além disso, há o juro embutido.

Ainda de acordo com o relatório do CGU, alunos beneficiados pelo FIES pagam 20% mais caro do que estudantes que não participam do programa.

No entanto, assim como existem os pontos negativos relacionados ao FIES, também há os pontos positivos, como o de poder pagar a dívida do financiamento após decorridos 18 meses, chamado de período de carência, e que neste ano de 2019 sofreu algumas pequenas alterações, onde esse período será interrompido caso o estudante encontre um emprego formal.

O FIES também é indicado para aqueles alunos que não conseguiram a aprovação num vestibular de uma universidade pública ou particular.

Em resumo, é a última chance para quem não conseguiu ser aprovado nos demais programas.

No Brasil, existem muitas faculdades, contudo o financiamento estudantil dependerá de uma boa avaliação das instituições por parte do MEC, o que garantirá uma boa qualidade de ensino para o estudante.

A tendência é que o número de inscrições neste ano supere a dos anteriores.

Por defilho

Fies 2019

Compartilhar:


Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *