FIES 2018 – Inscrições 2º Semestre

Interessados devem se inscrever até o dia 22 de julho de 2018.

Você não vê a hora de entrar para a faculdade e fazer o curso dos seus sonhos? A sua oportunidade pode estar na segunda chamada do FIES 2018. Conforme anunciado Ministério da Educação (MEC), serão ofertadas 155 mil vagas para os estudantes de baixa renda que desejam cursar o Ensino Superior em uma instituição privada.

O Fundo de Financiamento Estudantil (FIES) foi desenvolvido em 1999 pelo MEC, tendo como finalidade custear as mensalidades em cursos de graduação para os estudantes que estejam devidamente matriculados em universidades privadas. A intenção do projeto criado é democratizar o ensino entre as pessoas com baixa renda.

A partir desse programa, os estudantes têm acesso a taxas de juros e encargos abaixo daquilo que é cobrado no mercado. Além disso, ele também possibilita o pagamento das mensalidades quando o participante ingressar no mercado de trabalho. As prestações a serem pagas não podem comprometer um valor superior a 10% da renda familiar.

Quer começar os seus estudos ainda esse ano? Confira abaixo tudo que você precisa saber para se inscrever para o FIES 2018 do segundo semestre!

Quem pode se inscrever?

Para participar do FIES você deve ter feito o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), nas edições a partir do ano de 2010, tendo obtido a nota mínima de 450 pontos, e não ter zerado a redação. É imprescindível que o candidato comprove que tem renda familiar de três até cinco salários mínimos, de acordo com a categoria em que se inscrever.

As pessoas interessadas em pleitear uma vaga desse programa também precisam ter concluído o Ensino Médio e nunca ter terminado um Curso Superior. É possível se inscrever nos cursos ofertados pelas instituições de ensino que estão regularmente cadastradas no FIES, e o curso tem que ter atingido um conceito positivo na avaliação realizada pelo MEC.

Vagas oferecidas para o segundo semestre de 2018



De todas as vagas abertas pelo FIES, 50 mil serão voltadas para os candidatos que tenham renda per capita de no máximo três salários mínimos por mês. Nessa situação, é possível financiar a partir de 50% do curso, tendo limite por semestre de R$ 24 MIL.

As outras oportunidades são destinadas para a categoria P-FIES, ou seja, para os estudantes que apresentam uma renda per capita familiar de no máximo cinco salários mínimos. Para esse quadro, os recursos são providos pelos Agentes Operadores de Crédito e Fundos Constitucionais.

Como se inscrever?

Todos os procedimentos necessários para se inscrever no FIES devem ser feitos por meio da internet, até o dia 22 de julho de 2018. Acesse o site oficial do programa e clique em ‘’Inscreva-se’’, preencha os seus dados pessoais, selecione a faculdade e o curso do seu interesse, além de escolher a categoria de financiamento em que se enquadra.

A documentação exigida para o seu cadastramento normalmente inclui o RG, CPF, comprovante de residência, o documento com o número de inscrição e o termo de concessão de usufruto gerado pelo ProUni.

Após a inscrição é preciso aguardar a divulgação do resultado, o que é feito depois que o seu desempenho no Enem for consultado. Estima-se que o resultado com o nome dos candidatos aprovados será divulgado a partir do dia 27 de julho, contendo apenas uma chamada. Aqueles que forem pré-selecionados terão que completar o processo de inscrição e assinar o contrato de funcionamento do dia 27 a 31 do mesmo mês.

Durante essa etapa, o candidato vai ter que apresentar os seus documentos pessoais e cópias, além de comprovar o valor da renda informada no ato da inscrição. Feita a confirmação, a matrícula do estudante poderá ser efetuada com sucesso.

Texto por Simone Leal



Compartilhar:


Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *