Renovação do Contrato do Fies para 2017



  

Os estudantes já podem acessar o site do programa e atualizar suas informações para continuarem a ser beneficiados pelo Fundo.

Os contratos do financiamento estudantil formalizados até o dia 31 de dezembro de 2016 já estão disponíveis para renovação.

Na segunda-feira, dia 09 de janeiro, o acesso foi liberado para as Instituições de Ensino Superior cadastrarem os dados de seus alunos beneficiados no sistema, com prazo máximo até dia 30 de abril. Sendo assim, os estudantes já podem acessar o site (www.novofies.com.br/renovacao-aditamento.htm) e atualizar suas informações para continuarem a ser beneficiados pelo Fundo. Os processos de inscrição, renovação e obtenção de informações sobre o Fies são fáceis e podem ser realizados pela internet.

O processo de aditamento é iniciado pelas faculdades diretamente no Sistema Fies, e em seguida, cabe ao aluno verificar se as informações passadas estão corretas e então validá-las. O sistema trabalha com dois tipos de aditamentos. Têm-se o aditamento não simplificado, que é aquele no qual há alterações nas cláusulas do contrato, como mudança de instituição ou localidade. Neste modelo, é necessário que o aluno leve uma documentação, fornecida pela faculdade, que comprove as mudanças para o banco agente financeiro a fim de realizar a renovação. E também existe o aditamento simples, no qual basta o aluno validar suas informações e já pode estar apto à renovação.





Novas inscrições para o benefício do SisFies 2017 serão abertas a partir de fevereiro. Este ano, cerca de 220 mil vagas, número próximo ao de 2016, devem ser abertas para novas inscrições, assegurou Mendonça Filho, Ministro da Educação. O número de vagas pôde ser estimado e repassado para os mais de 1,5milhão de beneficiados pela primeira vez pelo governo, pois já existe garantia do dinheiro. Em 2016, atrasos em 3 meses no repasse do dinheiro para as Instituições, prorrogaram duas vezes o prazo de aditamento para o primeiro semestre de 2017, no qual ficaram 30 mil alunos sem a renovação do serviço.

O Fies é um programa do governo criado em 1999 que visa financiar o estudo no Ensino Superior de estudantes que não tem condições financeiras para arcar com os custos. Podem participar aqueles que já estão matriculados em Instituições privadas que possuam cadastro no Fies e uma boa avaliação pelo MEC, e que apresentem comprovação de renda que não ultrapasse 2,5 salários mínimos por pessoa em casa, além de ter obtido nota mínima no ENEM de 450 sem ter zerado a redação. Todas as informações podem ser acessadas pelo site http://sisfiesportal.mec.gov.br.

Por Rodrigo Souza de Jesus



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *