Enem 2016 – Data das Inscrições e Novas Regras

Enem 2016 – Data das Inscrições e Novas Regras



  

Inscrições deverão ser realizadas entre 9 e 20 de maio. Exame passará por mudanças no procedimento de segurança.

O Ministério da Educação (MEC) publicou no Diário Oficial da União, do dia 15 de abril, as novidades para a aplicação do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2016. Serão adotadas novidades no procedimento de segurança deste ano, os candidatos deverão guardar seus pertences eletrônicos em porta-objetos, que serão lacrados. O uso de detectores de metais e a coleta de impressão digital também compõem o conjunto de mudanças.

As inscrições para o exame vão de 09 a 20 de maio, com taxa de R$ 68,00 (sessenta e oito reais), que poderá ser paga até dia 25 do mesmo mês, em qualquer agência bancária, casa lotérica ou agência dos Correios, por guia de recolhimento da União (GRU). A isenção do pagamento será concedida aos estudantes que concluírem o ensino médio este ano em escola pública ou que se enquadrarem nas condições econômicas estipuladas.

A aplicação das provas será nos dias 5 e 6 de novembro (sábado e domingo, respectivamente). No primeiro dia, sábado, os estudantes farão testes de ciências humanas e naturais, com início às 13h30. No domingo, as avaliações de linguagens, códigos, redação e matemática começarão no mesmo horário.





O Enem é a principal forma de acesso às universidades públicas no Brasil. Pode ser considerado, contudo, um instrumento de seleção para programas de incentivo à educação universitária do governo federal, como o Programa Universidade para Todos (Prouni). O programa oferece desconto em instituições privadas a alunos saídos do ensino médio na rede pública, ou da particular, com bolsas de estudo integrais. Outro pré-requisito é que o candidato tenha renda familiar per capita de até três salários mínimos.

O Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) é outra forma de ingresso no ensino superior facilitada pelo Enem. Para usar o fundo, os alunos devem ter participado de alguma das edições do exame, a partir de 2010, e fazer no mínimo 450 pontos na média das provas, além de atingir nota superior a zero na redação. Cerca de 6 milhões de estudantes fizeram as provas em 2015. Para este ano, a expectativa do governo é atingir 8 milhões de candidatos. Não perca o prazo. Para maiores informações, você pode acessar o portal do Ministério da Educação.

Por Janaina Pereira



Compartilhar:

Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *