UFSM (RS) 2015 substitui vestibular pela nota do ENEM



  

A Universidade Federal de Santa Maria, no Rio Grande do Sul, adotou uma nova forma de seleção de candidatos para os seus cursos, que certamente agradará a muitos. O Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão da instituição (Cepe) aprovou (35 votos a favor, e somente 4 contrários) a substituição do chamado Processo Seletivo Seriado (ou seja, o vestibular) pelo Sistema de Seleção Unificada (Sisu), que classifica os estudantes com base na nota que os mesmos obtém no Exame Nacional de Ensino Médio (Enem).

Dessa forma, foi considerado extinto da UFSM o vestibular anual. A decisão certamente repercutirá  certamente na adoção de medidas semelhantes por parte de outras universidades do estado, especialmente outras federais.

A decisão significará que em 2015 o Sistema de Seleção Unificada (Sisu), e com ele o ENEM, será o responsável por absorver 80% das vagas da UFSM.

O restante das vagas oferecidas ainda ocorrerá por meio de Processo Seletivo Seriado 2 e 3, porém esta modalidade de avaliação também está com seus meses contados: em 2016 ele não mais existirá. Portanto, a partir de 2018, o ENEM será a única maneira de ingressar na Universidade.

Se dependesse da reitoria da UFSM o novo sistema já vigoraria em 2014, mas, por conta de questões judiciais, a medida foi protelada. 





O último PSS da Universidade Federal de Santa Maria ofereceu 4.576 vagas em 103 cursos assim distribuídos: 84 cursos no campus de Santa Maria, 8 cursos em Frederico Westphalen, 7 cursos em Palmeira das Missões e 4 cursos em Silveira Martins.

Na edição de 2014 foram registradas 44.541 inscrições, lembrando que a UFSM reservou 40% das vagas para candidatos oriundos de ensino médio na rede pública, em respeito à lei de cotas.

As provas foram aplicadas 16 cidades do estado do Rio Grande do Sul, mas estenderam-se também para a cidade catarinense de Chapecó e para Cascavel, no estado do Paraná. e recebeu 44.541 inscrições. 

Por Alberto Vicente



Compartilhar:

Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *