Relações Públicas – Saiba mais sobre a profissão



  

A grande importância que o profissional da área de Relações Públicas tem para a empresa que representa é a confiança que ele exerce para os demais, pois é responsável por passar uma imagem favorável da empresa e essa pode ser tanto pública quanto privada ou até mesmo trabalhar em empresas de consultoria. No entanto, esse profissional tem que ter alguns requisitos básicos, pois ele é a voz da empresa: deve ser confiante, ter uma boa imagem, notável domínio linguístico, ótima memória, um bom feedback, ter facilidade em comunicação e interação com as pessoas, paciência para que sejam entendidas as ideias a serem transmitidas.

Para ser formar o profissional da área o curso tem um prazo de 4 anos e as maiores concentrações dele estão nas regiões sul e sudeste. O Brasil conta atualmente com 72 cursos de Comunicação Social, e destaca-se por ser o único país em ter uma legislação própria para essa categoria de trabalhador. A primeira faculdade a inserir o curso em sua grade foi a USP por volta dos anos 40, tudo isso iniciado quando uma grande empresa canadense veio se instalar em terras brasileiras e que tomamos conhecimento desse profissional e foi graças à empresa e ao Eduardo Pinheiro Lobo, que começou a trabalhar fazendo essa comunicação e a imagem da empresa. Hoje ele é o patrono da profissão tendo o dia do seu nascimento marcado como para comemorar o dia da Relação Pública.

O profissional tem várias áreas em que pode atuar e se especializar, sendo elas: Administração e Gerência, Assessoria e Consultoria, Eventos (Palestras), Pesquisa de Opinião.





Graças aos direitos adquiridos pelo consumidor hoje a maioria das empresas contam com esses profissionais para saber investir no público e na imagem que tem que ser passada, a importância de se levar para os mercados empregados especializados tem se destacado em alguns setores, como relação pública que trabalha na administração direita e indireta, em setores essenciais da economia como o turismo.

Por Luciana Viturino



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *