Educação à Distância tem aumento em torno de 50% em 2014



  

Muitas pessoas estão escolhendo os cursos à distância para realizar um aperfeiçoamento, adquirir uma graduação ou qualificação. Essa procura aumentou muito no último ano, dados passados conforme a Associação Brasileira de Ensino a Distância (Abed), ressaltam que a Educação à Distância teve um aumento em torno de 50% de procura a mais do que anos anteriores. E a qualidade também está ganhando destaque no campo educacional.

Só no estado da Bahia houveram mais de 84 mil estudantes realizando cursos à distância, pessoas que não dispõe de tempo para fazer um curso presencial ou porque não tem determinado curso na região. Essa modalidade de ensino oferece a mesma carga horária, como também os trabalhos acadêmicos e os mestres que ministram os conteúdos. 

Inclusive, todos os certificados e diplomas são devidamente reconhecidos pelo MEC. Porém, é interessante lembrar que, como qualquer curso presencial ou à distância, convêm verificar o credenciamento da Instituição e a qualidade dos cursos oferecidos. Essa consulta está disponível pelo site: http://emec.mec.gov.br/.

Muitos alunos dos cursos EAD apresentaram rendimentos melhores nas avaliações do ENADE (Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes), ou seja, os resultados foram mais satisfatórios do que estudantes dos cursos presenciais.





E é importante para apresentar a qualidade da Educação à Distância como uma das melhores do país, além de acabar com os comentários que EAD não tem boa qualidade. E ainda vale ressaltar que o aluno aprende as usar as ferramentas tecnológicas consideradas tão importantes na sociedade, pois envolve o uso da internet e outros programas como Word (editor de texto), Excel, etc.

Portanto, os Cursos EAD oferecem as mesmas oportunidades de graduação ou outro tipo de qualificação. A única diferença é a modalidade à distância e a condição virtual, além de ser considerado muitas vezes mais econômico. E, quanto à forma de adquirir conhecimento, é a mesma do curso presencial.

Por Jaqueline Mendes Rodrigues dos Santos



Compartilhar:

Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *