Dicas de como memorizar de maneira rápida e eficaz



  

Nos dias de hoje não é raro encontrarmos pessoas que possuem grande dificuldade em memorizar determinado assunto. Diante disso, muitos são os fatores criados por especialistas para ajudar nessa tarefa. Porém, nem todas são eficazes e fornecem um bom desempenho. Sendo assim, vamos abordar neste artigo algumas dicas que irão fazer com que você memorize de forma mais rápida e eficaz.

A princípio é importante destacar que nosso cérebro é como uma máquina que precisa ser constantemente aprimorada para não definhar. É como se fosse um computador super moderno que possui capacidade infinitamente superior a de um computador normal. A primeira dica e considerada a melhor é o hábito da leitura. Ela continua na frente de outras atividades, como: xadrez, palavras cruzadas, entre outros. Todavia, não basta simplesmente ler, pois essa é uma tarefa passiva. É importante que o estudante reflita sobre o que está sendo lido para que não fique desatento ou distraído, uma vez que uma das grandes aliadas da memória é a atenção.

Entretanto, se, ainda assim, o estudante tiver dificuldades ao ler, recomenda-se a leitura em voz alta, pois estudos revelam que a repetição auditiva permanece por mais tempo na memória que a imagem visual. Com isso, o fato de ouvir ajuda a gravar mais que o simplesmente ver escrito num pedaço de papel. Com essa técnica o candidato pode utilizar algumas associações mnemônicas ou trechos importantes de determinadas matérias.





Cabe salientar que nenhuma técnica de memorização será eficaz se o estudante for desorganizado, isto é, ter disciplina para estudar e organizar o conteúdo em questão. É muito importante que sempre ao terminar uma aula, o aluno dê uma revisada no assunto que foi abordado e faça uma rápida síntese do que aprendeu. Na aula seguinte, antes de iniciar a matéria, o aluno precisa reler a síntese da aula anterior. Esse método é indubitavelmente considerado um dos mais eficazes se comparado a outros indicados por neurocientistas.

Por Luciana Viturino



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *