Dicas de profissões para quem gosta de cálculos



  

Não é fácil encontrarmos jovens nos dias de hoje que gostam de trabalhar com cálculos. No entanto, aqueles que gostam podem ter certeza de que o mercado é bem atrativo. Diante disso, vamos abordar neste artigo as principais profissões que trabalham com cálculos e que são bastante promissoras.

A princípio temos de lembrar aos futuros profissionais que essas áreas são para aqueles que amam a matemática e não se importam em passar horas a fio resolvendo equações. Com isso, a primeira área em destaque é a de Engenharia, em específico Engenharia Metalúrgica, a qual o profissional irá lidar com a transformação de minérios em metais e ligas metálicas nas aplicações industriais.

Em seguida temos a Engenharia de Controle e Automação em que o Engenheiro projeta e opera equipamentos utilizados nos processos automatizados das indústrias e realiza sua manutenção. No entanto, a área de Engenharia não para de crescer, e, com isso temos a Engenharia Aeronáutica que se ocupa do projeto e da manutenção de aeronaves, além do gerenciamento de atividades aeroespaciais.





Outra área de grande importância para aqueles apaixonados em cálculos é a Engenharia de Energia, na qual o profissional tem de planejar, analisar e desenvolver sistemas de geração, transporte, transmissão, distribuição e utilização de energia. Há, contudo, a Engenharia Química em que o profissional trabalha com o desenvolvimento de processos industriais que empregam transformações físico-químicas. E, juntamente com ela, podemos trabalhar com a Engenharia Física em que é possível pesquisar e desenvolver materiais e tecnologias.

Por fim, temos a Engenharia Ambiental que está bem crescente nos dias de hoje e o Engenheiro estará voltado para o desenvolvimento econômico sustentável, isto é, irá trabalhar com os limites dos recursos naturais. Como visto são inúmeras áreas, as principais voltadas para o ramo das engenharias. Lembrando que, há outros setores que trabalham com cálculos que não foram elencados nesta matéria. O que fizemos foi destacar as áreas mais promissoras dos últimos meses.

Por Luciana Viturino



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *