ENEM – Imprevistos no dia da prova



  

Apesar do Exame Nacional do Ensino Médio, o ENEM, ter uma diferença de meses da data de inscrição para o dia da prova, sempre existem aqueles que perdem a hora, que saem de casa atrasados e quando chegam no portão são barrados. Quando isso acontece existe toda uma tristeza, gritos e indignação.

No começo do exame, 1998 e até o ano 2000, os locais da prova eram escolhidos de acordo com a região que o aluno morava. Mas como o número de inscritos mais que dobrou em 2001, chegando a 3 milhões. Os inscritos eram direcionados a várias regiões da cidade, de acordo com o número de vagas e pela ordem alfabética, ou seja, alunos que o nome começasse com a letra A eram direcionados a uma área específica da cidade, e assim sucessivamente.

O problema é que não é raro o estudante ser mandando para uma região que não conhece, ou distante da onde mora. Apesar da divulgação ser feita no máximo 2 meses antes ao aluno por meio do site, e-mail e carta na residência do mesmo, muitos não procuram conhecer o itinerário.

Infelizmente é uma cena comum, todo ano pelo menos  umas duas ou três dezenas de candidatos chegam atrasados e começam a chorar em frente ao portão. Em 2010 ficou famoso o caso da estudante que a TV filmou no exato instante em que o portão fechou, ela chega atrasada 4 segundos,  e fica do lado de fora aos prantos. O horário é rígido e a funcionária que fechou o portão não ligou para a estudante já a caminho.

Outro caso famoso é  pai e filha que ano passado também chegaram com os portões fechados com uma diferença de dois minutos após o horário. A garota Ananda Pereira, de 18 anos, e o pai Irmar Rodrigues, de 54 anos, iriam prestar a prova para entrar em uma faculdade, na ocasião o grande vilão foi o trânsito da cidade de São Paulo.





Muitos culpam o trânsito, o atraso dos ônibus ou do metrô. Mas esse é o comportamento típico do brasileiro, de deixar tudo para a última hora. Fuja desse padrão, se o local da prova é distante e você terá que pegar transporte coletivo, saia com antecedência, já contando o atraso do ônibus e o trânsito.

Imprevistos acontecem, mas se a prova é muito importante para você, programe-se com antecedência, assim evitando chegar atrasado.

Uma boa dica é sempre escutar rádios que falam do trânsito, os sites sobre o assunto no dia e a portal da SPTRANS e da CPTM se você for de São Paulo, e os sites do transporte público para os outros estados (eles mostram todas as rotas comuns e alternativas para chegar adiantado no seu destino e ter um tempo para uma última revisada no material de estudo).

Por Rafael da Silva



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *