Curso pré-vestibular Udesc 2014 está com as inscrições abertas



  

Está aberto o prazo para efetuar a inscrição e participar do projeto seletivo que definirá o grupo de 120 alunos que integrará o cursinho pré-vestibular da Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc). Este curso preparatório faz parte das atividades do Projeto de Educação Comunitária Integral. Este ano o curso oferece 120 vagas para alunos com condição econômica insuficiente para pagar a cursos pagos.

Quem quiser concorrer a uma das vagas deverá ficar atento, pois o término das inscrições para o curso finalizará no dia 1° de março. O Projeto destina as vagas do seu curso a estudantes que não possuam condições econômicas de pagar um curso deste tipo em instituições particulares e que tenham concluído ou estejam concluindo o ensino médio em escolas da rede pública de educação.

Para se inscrever o interessado precisará acessar o endereço eletrônico www.projetointegrar.org e preencher o formulário de participação. Após se inscrever, o candidato passará por outra etapa, a realização de uma entrevista para avaliar a situação socioeconômica dele e da sua família. As entrevistas deverão acontecer a partir do dia 6 de março.

O resultado final dos aprovados será publicado no site do curso pré-vestibular www.projetointegrar.org.





O Projeto está integrado por professores de cursos particulares similares a este. A intenção da realização do curso é que os alunos sintam-se preparados para enfrentar as provas de ingresso das universidades Públicas, Udesc e Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC).

As aulas do curso são ministradas no Centro de Educação Continuada, de segunda a sexta-feira, das 18h50 às 22h.

Este preparatório é um curso extensivo que se estende de março a dezembro. Há também uma chance no meio do ano para quem quiser fazer o curso e por alguma razão não conseguiu participar desta seleção. A Udesc também oferece um curso semiextensivo de agosto a dezembro. As inscrições para esse pré-vestibular serão feitas na metade do ano.

Por Melina Menezes



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *