Programa de Inclusão Social da USP poderá ser ampliado



  

O Conselho de Graduação da Universidade de São Paulo (USP) divulgou que foi aprovada em reunião a proposta que visa ampliar o Programa de Inclusão Social.

O programa foi criado para dar incentivo ao acesso de estudantes de escolar públicas à instituição.

Com a proposta aprovada, a maior mudança é o bônus extra de 5% para estudantes indígenas, pardos e pretos que tenham concluído o ensino fundamental e o ensino médio em escola da rede pública. Com essa mudança, o candidato atender aos requisitos pode receber até 25% a mais na nota final da Fuvest.

A decisão de mudança ainda não é definitiva, pois a proposta precisa passar por votação no Conselho Universitário que se reunirá no dia 2 de julho.





O Programa Inclusão Social existe desde 2007 e tem como meta fechar 2018 com 50% de todas as matrículas sendo feitas por alunos que estudaram sempre na rede pública.

Com a mudança no projeto, a ideia é que o número de alunos indígenas, pardos e pretos atinja a mesma porcentagem da população indígena, parda e preta levantada no censo do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística.

Por Jéssica Posenato



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *