Vestibular – As obras que mais caem

Vote nessa matéria: 1 estrela2 estrelas3 estrelas4 estrelas5 estrelas6 estrelas7 estrelas8 estrelas9 estrelas10 estrelas

     





Você vai prestar vestibular e não sabe quais livros de literatura deve ler? Seus problemas acabaram. Conheça, de acordo com uma lista feita pela FUVESP, quais são os romances que mais caem nas provas vestibular!

Lista de leituras obrigatórias:

1 – Memória de um Sargento de milícias: essa obra foi escrita pelo autor Manuel Antonio de Almeida. O livro fala das camadas sociais mais pobre do país e revoluciona a forma de fazer literatura no Brasil por conta de sua linguagem popular. A obra foi publicada em 1854, sendo um dos principais marcos do movimento do Romantismo.

2 – Vidas secas: Escrito pelo alagoano Graciliano Ramos, Vidas Secas é um dos livros mais lindos e importantes da cultura nacional. Trata-se da história de uma família nordestina que tenta sobreviver ao imapcto da seca. Sempre presente em vestibulares e testes, esse livro virouum clássico literário,além de habitar no imaginário de todosos que não consequem esquecer da cadela Baleia.

3 - Memórias Póstumas de Brás Cubas: Esse romance escrito pelo grande Machado de Assis é figura certa e carimabada em diversos exames. Todo vestibulando precisa ler essa história que, de forma genial,é narrada pelo próprio morto. É uma obra que marca o começo do Realismo no Brasil.

4 – Macunaíma: clássico do escritor Mário de Andrande, pesquisas mostram que Macunaíma já caiu seis vezes no vestibular.  É uma obra modernista onde conhecemos o verdadeiro herói brasileiro.

5 - Iracema: principal livro do escritor cearense José de Alencar, Iracema conta a história da índia virgem dos lábios de mel que se apaixona pelo português Martin. Esse romance também figura muito nos vestibulares nacionais.

Por Madson Lima de Oliveira


Participe! Deixe um comentário sobre esta matéria.

Quer realizar um comentário?

*





RSS RSS (comentáos)