Unicamp – Ampliação do bônus para inclusão social no vestibular



  

A Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) informou que irá dobrar a bonificação para alunos que fizeram o ensino médio em escola pública e para os candidatos declarados negros, pardos ou índios. Assim o Programa de Ação Afirmativa e Inclusão Social (Paais), criado como alternativa à política de cotas, estará completo.

O Conselho Universitário aprovou a mudança de 30 para 60 pontos para os alunos de escolas públicas e de 10 para 20 para os auto declarados negros, pardos ou índios. Dessa forma, pretende-se chegar a 40% de alunos provenientes de escola pública já no próximo vestibular. Em 2012, 32% dos alunos da instituição vieram de escolas públicas.

É esperado pelo Conselho Universitário que 50% dos alunos da instituição sejam oriundos de escolas públicas.  É válido ressaltar que mesmo os alunos que ingressaram na Unicamp se deram tão bem quanto os alunos de escolas particulares. O percentual é o esperado não só pelo governo federal quanto o estadual.





O Conselho também pretende ampliar o Profis (Programa de Formação Interdisciplinar Superior). Um programa alternativo ao vestibular que é realizado ao longo dos últimos anos do ensino médio.

Por Robson Quirino de Moraes



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *