Livros do Vestibular 2012 – Lista de Leituras Obrigatórias



  

Como alguns de vocês já sabem, muitos vestibulares de Universidades Federais, Estaduais e mesmo particulares publicam listas de livros, as famosas "leituras obrigatórias". Nelas são selecionadas obras de referência da Literatura em língua portuguesa a serem cobrados nos exames. O número de livros é geralmente grande, especialmente quando levamos em conta o baixíssimo hábito de leitura do brasileiro médio.

As listas podem variar bastante, podendo ter desde 5 a até 19 livros cobrados por cada instituição.

Mesmo que existam alguns livros que sejam coincidentes entre as listas, como obras de Machado de Assis e Guimarães Rosa, se um estudante fosse prestar vestibular em todas essas instituições teria que ler mais de 50 livros! Mesmo que ele se concentrasse apenas em ler os livros sem estudar para as demais matérias, acredito que fosse uma tarefa bastante inviável para a grande maioria.





Felizmente algumas instituições como USP e Unicamp unificam sua lista de leituras obrigatórias. Além disso, a relação delas geralmente não varia muito de um ano pra outro, permitindo que os estudantes possam programar suas leituras ao longo do Ensino Médio ou mesmo permitindo aos candidatos que possam aproveitar suas leituras de um ano para o outro. Além disso, muitas vezes (dependendo do Vestibular) não é necessário ler realmente as obras, mas apenas se informar sobre alguns aspectos literários da obra, como a corrente literária em que o autor se aplica ou quais os temas principais que a obra analisa.

Em breve eu pretendo lançar uma série de posts analisando os principais aspectos de obras cobradas em exames de vestibular. Mas, por enquanto, fiquem com essas dicas.  

Por Wilson Lira



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *